Ponto das Gomas

Chama-se "Ponto das Gomas", abriu portas no dia 13 de outubro e promete vir estragar a dieta de muita gente.
Uma delícia.

Filipe Costa, de 37 anos, sonhava desde sempre ter um negócio que pudesse chamar de seu. Por falta de tempo, uma vez que trabalha como lojista por turnos, e a “vida a não dar para isso”, foi sempre adiando esse desejo pessoal. Mas as placas lá se ajustaram e a 13 de outubro de 2021 decide abrir as portas do “Ponto das Gomas”: a mais recente loja de doces em Corroios, no concelho do Seixal. 

A não ser o facto de se autointitular um guloso e pelo facto de a esposa, Cristina Costa, ter trabalhado durante 18 anos numa loja de doces, não há bem uma explicação por ter sido este o negócio escolhido para se aventurar como empresário. “Pensamos: porque não uma loja de doces? A minha mulher já tinha o conhecimento que eu não tenho e como aqui em Corroios não havia nada, pensei que seria uma boa oportunidade”, conta à NiS o responsável pelo “Ponto das Gomas”.

Com o Natal a aproximar-se, e por acharem ser “uma boa altura para abrir” o casal deixou os medos para trás e decidiu arriscar. Hoje, com um espaço pequenino, mas acolhedor, têm à venda toda a variedade (formas e feitios) de doces. Sobretudo de gomas. E não são apenas as tradicionais. No “Ponto das Gomas” também pode encontrar sugestões para todos os gostos, como gomas sem açúcar e vegan. Além disso, várias opções de rebuçados, chocolates, amendoins caramelizados e com chocolate branco e de leite não faltam nas vitrines que decoram a loja.

Futuramente, Filipe Costa revelou à NiS, que estão a planear internamente criar uma secção com artigos alternativos, onde não vão faltar os dedicados aos maiores de 18. “A ideia era ter assim umas coisas para despedidas de solteiro e festas assim mais para adultos”, explica.

Já que lhe falamos em gomas temáticas, o “Ponto das Gomas” preparou-se bem, apesar de ser uma marca e espaço recente, já para a época mais assustadora do ano: o Halloween. Existem bolos de gomas especialmente feitos a pensar no tema e até espetadas de gomas com olhos, abóboras e caveiras. “A nossa ideia é conseguir arranjar em todas as épocas festivas gomas alusivas ao tema. Por exemplo, no Natal, no dia do pai, da mãe. Passará um pouco por aí.”

Apesar de ainda não conseguir um feedback fidedigno, a verdade é que Filipe e Cristina Costa já viram entrar pela porta do seu pequeno negócio pessoas de todas idades, sobretudo dos “15, 16 até aos 70, 80 anos.” Alguns deles, disse o também lojista, até já se “fidelizaram”, ou, por outras palavras, nesta primeira semana já por lá passaram várias vezes. “Quero acreditar que estão todos bastante satisfeitos e acredito que será para se manter.

Quanto aos preços, as gomas, porque são o ex-libris do mais recente spot de doces em Corroios, são vendidas a granel e existem também em embalagens que levam várias gramas. O quilo de gomas custa 10 euros. De acordo com os proprietários do “Ponto das Gomas”, os valores gastos com estas pequenas delícias variam entre os 1 e os 13,50 euros, que correspondem aos bolos de gomas. “Não tenho nenhum artigo, para já, que exceda esse valor”, garante à NiS.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Ginásio Clube de Corroios N° 20B
    2855-150 Corroios
  • HORÁRIO
  • Segunda-feira a sábado, das 9 às 13 horas e das 15 horas ás 18h30
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA