na cidade

Tipografia Popular do Seixal reabre como museu este sábado — e as visitas são grátis

O espaço vai funcionar de quarta-feira a domingo, das 10 ao meio-dia, e das 14h30 às 17 horas.

Quer se gostasse ou não, das aulas de história sobraram pequenos factos que, uma vez por outra, são refrescados na memória. Um dos acontecimentos que, provavelmente, muita gente se recorda diz respeito à invenção da prensa tipográfica, no século XV, pelo alemão Johannes Guttenberg. O feito marcou a base da imprensa durante muitos séculos e desencadeou aquilo que viria a ser a já conhecida — mas também ultrapassada — comunicação em massa.

É certo que, atualmente, com a tecnologia no seu auge, é fácil não se dar importância a este tipo de criações que marcaram o seu tempo e as gerações seguintes. Mesmo assim, a tipografia clássica ainda vai permanecendo viva na sua generalidade dentro, por exemplo, dos computadores e dos dispositivos móveis através das formatações, estilos e grafias.

No Seixal, a homenagem à tipografia acontece de forma diferente. Um dos espaços mais emblemáticos da técnica, a Tipografia Popular do Seixal, vai reabrir, agora como museu, já este sábado, dia 20 de novembro. A antiga oficina foi propositadamente requalificada para estar a funcionar de quarta-feira a domingo, das 10 ao meio-dia e das 14h30 às 17 horas como um núcleo museológico.

Este agora “Espaço Memória” terá sido, em tempos, uma tipografia instalada no Seixal. O seu fundador, Augusto Palaio, instalou-a na cidade em 1955 e e por lá trabalhou durante cinco décadas, passando por descendentes, tipógrafos e compositores profissionais. Todos eles certificaram-se que a oficina funcionaria segundo os métodos mais tradicionais e old school da arte.

Como museu, a Tipografia Popular do Seixal está preparada para dar a conhecer e até vivenciar, as antigas técnicas utilizadas e saberes partilhados numa tradicional oficina de artes gráficas. Isto, claro, com a utilização de instrumentos de trabalho que além de estarem excluídos da atividade, não se encontram facilmente ali ao virar da esquina.

Por tudo isto, o Espaço Memória — Tipografia Popular do Seixal reúne todas as condições para receber visitas de quem vive, trabalha ou visita o Seixal. Para isso, os interessados devem marcar previamente a sua visita através do email ecomuseu.se@nullcm-seixal.pt ou do contacto telefónico 210 976 112.

Para aqueles não se querem dar ao trabalho, vão gostar de saber que aos fins de semana, às 10h30 e às 15 horas, há visitas acompanhadas sem ser necessário qualquer tipo de marcação. A entrada, em qualquer dos dias e horários, é gratuita.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA