na cidade

Obras de construção do Hotel Mundet foram retomadas — e já sabemos quando terminam

Este será o segundo projeto de alojamento turístico do município do Seixal. Terá 90 apartamentos, spa, health club e piscina.
Os quartos do futuro Hotel Mundet.

Os dedos de uma mão não chegam para enumerar todos os pontos fortes que trazem dezenas de turistas ao concelho do Seixal. Uns poderão dizer que são os restaurantes, outros o comércio local e há até quem coloque a vista incrível da Baía do Seixal como o ex-líbris da região.

Só que, por enquanto, quem estiver a pensar visitar o concelho e passar cá a noite não tem tantas opções como provavelmente gostaria de ter. É que existe apenas uma unidade hoteleira: o Evidência Belverde Hotel na freguesia de Amora.

No entanto, a autarquia encontrou em 2020 a solução perfeita para colmatar a falta de propostas de alojamento turístico no município do Seixal. Já não é novidade para nenhum seixalense que estamos a falar do Hotel Mundet, instalado numa parcela de 3000 metros quadros da famosa fábrica de cortiça do Seixal: a L. Mundet & Sons.

Quando a NiS anunciou que o Seixal iria ter um mega empreendimento turístico na frente ribeirinha, previa-se que a inauguração acontecesse no final de 2021. Porém, segundo explicou Joaquim Santos, presidente da Câmara Municipal do Seixal, “o processo arrastou-se também devido às questões relacionadas com a Covid-19 e com as incertezas relativamente ao mercado turístico”.

Nesse sentido, depois de algumas paragens na construção da unidade hoteleira, voltaram a ser retomadas as obras do Hotel Mundet. Agora, segundo o que a autarquia revelou, estão a decorrer os trabalhos de execução das fundações e a movimentação das terras. Todo este processo foi avançado, como seria previsto, pelo Grupo Libertas, o construtor que ganhou o concurso público aberto pela autarquia.

Recorde-se que o Hotel Mundet ficará em frente à Baía do Seixal e terá como principal objetivo preservar a memória do espaço fabril ligado à cortiça. É, aliás, por isso, que toda a decoração será inspirada no universo da cortiça. Contará com 90 apartamentos e vai incluir áreas como business center, spa, health club, um restaurante, piscina, rooftop e bar.

Ao todo, são cerca de 7,6 milhões de euros investidos neste empreendimento turístico que deverá preencher esta lacuna na oferta hoteleira no concelho do Seixal. Se tudo decorrer conforme o previsto, é esperado que as obras do Hotel Mundet terminem dentro de dois anos. Estima-se que em janeiro de 2024, o hotel já esteja em funcionamento.

“Para a Câmara Municipal do Seixal, o desenvolvimento turístico é muito importante. Precisamos de ter alojamento turístico no nosso município e este segundo hotel de quatro estrelas e 90 apartamentos, será uma importante âncora do desenvolvimento turístico do município do Seixal”, reforçou Joaquim Santos numa reportagem do município do Seixal partilhada esta segunda-feira, dia 24 de janeiro, no Facebook.

De seguida, carregue na galeria para conhecer este projeto.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA