na cidade

Mercado a.ti.tu.do regressa à Amora numa versão especial para os miúdos

Os seus filhos podem experimentar ser vendedores por um dia ou fazer cerâmica de forma gratuita.
Um programa divertido.

Foi um dos eventos com mais sucesso no concelho nos últimos meses. Após a primeira edição fora da Ericeira, onde costuma acontecer, o Mercado a.ti.tu.do está de volta à Amora, mas numa edição diferente e que promete agradar aos mais pequenos.

“Uma primeira edição é sempre uma apresentação. No entanto, fomos recebidos de forma muito carinhosa e não esperava encontrar tanta diversidade e criatividade”, explica à New in Seixal, Ana Murta, uma das responsáveis do evento.

Este fim de semana, 5 e 6 de junho, a partir das 10 horas e até às 19 horas, o Mercado a.ti.tu.do vai ter uma edição especial para os miúdos, de forma a celebrar o Dia da Criança, que aconteceu esta terça-feira, 1 de junho. “Tentamos sempre que possível celebrar as datas especiais que existem.” Recorde-se que a primeira edição aconteceu no Dia da Família.

Agora, vai poder ver bancas de cerca de 40 marcas, entre as quais a Mahiâ Store, a Gofre It, a Oficina Store a Milú Designs. Além disso, haverá um espaço onde os miúdos podem vender alguns produtos a preços simbólicos ou até trocar os seus brinquedos e livros.

Basta aparecer no local e pedir à organização para lhes indicar o local da atividade “Brincar aos mercados” , que pretende ensinar a importância da reciclagem e da reutilização de objetos. Os pais podem trazer uma mesa ou manta para os filhos colocarem os seus objetos. O horário é feito consoante o ritmo de cada miúdo — podendo ficar o dia todo ou apenas umas horas.

Às 15 horas, há também a atividade “À Roda do Barro”, onde os mais pequenos podem fazer trabalhos experimentais em barro, com Luís Filipe Elias, um conceituado ceramista das Caldas da Rainha.

Tudo vai decorrer de acordo com as normas de segurança e higiene da Direção-Geral da Saúde. “Infelizmente, devido à pandemia, não conseguimos ter todas as atividades que habitualmente temos neste dia, nomeadamente as mais radicais que as crianças tanto gostam.”

Alguns negócios locais.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA