na cidade

Maggie: a cadela seixalense que é uma super estrela no Instagram

A New in Seixal falou com este french bulldog que se transformou numa verdadeiro fenómeno no concelho.
A protagonista.

Os animais de estimação provaram ser uma das melhorias companhias para os confinamentos e em alguns casos servem também como animais de suporte emocional para quem tem problemas mentais. Se tem um cão ou um gato, sabe que todos os dias poderá ser surpreendido com atitudes engraçadas e por vezes até tem vontade de partilhar esses momentos nas redes sociais.

Por isso mesmo, muitos donos de cães decidem criar páginas para os seus animais de estimação — e foi exatamente isso que os donos de Maggie fizeram.

“Queríamos um sítio onde pudéssemos partilhar todas as fotos engraçadas do dia a dia da Maggie sem inundar o feed de todos os nossos amigos e daí veio a ideia de criar uma página só para ela”, explica à New in Seixal, Camila Luz, com 31 anos, e uma das donas desta cadela seixalense.

A decisão de ter um cão foi bastante ponderada, visto que analisaram várias opções, e remonta a 2017. O casal que mora nas Cavaquinhas queria ter um animal de estimação que se adaptasse facilmente ao seu estilo de vida. Ao contrário de outras experiências que ambos tinham tido antes de namorarem, não optaram pela adoção num canil, mas sim num criador de cães.

O primeiro dia.

“Já tivemos vários cães adotados, mas a Maggie foi a nossa primeira aventura nesse sentido. Fizemos a nossa procura, encontramos um criador responsável e isso reflete-se na qualidade de vida que nossa pimpolha tem.” O nome da cadela foi inspirado na série “Os Simpsons”, mais concretamente na Maggie, também conhecida por ser a eterna bebé: um pouco como este animal de estimação.

Com três anos e oito meses atualmente, a Maggie entrou na vida desde casal seixalense em 2017 e desde então têm surgido vários momentos engraçados que são partilhados nas redes sociais. A página de Instagram foi criada logo na primeira semana.

Os dias não são muito diferentes para Maggie. A manhã começa com muita preguiça, tal como muitos humanos, e vontade de continuar na cama é bastante elevada.

“Tomamos o pequeno-almoço e ela a sua dose de ração matutina e antes de iniciarmos o dia de trabalho vai à rua. Como trabalho desde casa, fica o resto do dia a trabalhar com a sua mãe, e devo dizer que é uma ótima companheira de trabalho.”

Assim que termina o trabalho, está na altura de um passeio grande de final de tia, na Baía do Seixal, onde costuma fazer vários amigos — uma das suas atividades preferidas além de estar com os donos. Além disso, quando salta para a cama dos donos pensa que estão a brincar com ela (e não a tentar que ela vá para o chão).

Os donos não colocam de parte terem mais um animal, mas para isso acontecer precisam de ter mais espaço.

Pode ver a evolução desta cadela seixalense na página de Instagram e também carregar na galeria para ver alguns dos seus momentos mais engraçados, partilhados nas redes sociais. 

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA