na cidade

Kais do Sol: já abriu o primeiro hostel do Seixal onde todos os quartos são temáticos

Situado na zona histórica, abriu portas no dia 18 de agosto. Além dos dormitórios mistos, também tem quartos individuais.
Fica mesmo no centro.

Em tempos, era ali que ficava o antigo posto da Guarda Nacional Republicana do Seixal. Agora, quem passar pelo número 2 da Rua 1.º Dezembro, vai encontrar um edifício remodelado, pintado com as cores da água.

Com o aumento do turismo na cidade com uma incrível frente ribeirinha — que tem tudo para se tornar um destino para atividades náuticas — surgiu a necessidade de um espaço para acomodar todos aqueles que estão de passagem. Inaugurado a 18 de agosto, o Kais do Sol, é o primeiro hostel do município e promove uma experiência inesquecível na baía do Seixal, com uma estadia privilegiada à beira-rio.

O setor turístico foi um dos mais atingidos durante a pandemia, e foi por esse motivo que a autarquia sentiu necessidade de abrir um concurso para abrir o primeiro hostel do concelho. “A necessidade de abertura deste procedimento de hasta pública teve origem numa conjugação de fatores, assentes na importância estratégica que o município do Seixal atribui ao desenvolvimento económico e social, aliado à recuperação do património edificado”, explica à NiS o presidente da autarquia, Joaquim Santos.

Os empreendedores Carlos Mesquita e Sandra Salema, responsáveis pelo famoso food lounge Letras e Talheres, foram convidados a enviar uma proposta, tal como já é habitual, aceitaram o desafio da autarquia. “Este espaço nasceu de um concurso público que a Câmara lançou e tinha a ideia de fazer um hostel. Como temos o Letras e Talheres, fomos convidados a participar e demos início ao projeto. Não existe nenhum no Seixal, este é o primeiro”, explica Carlos Mesquita, que está ligado à hotelaria há mais de 30 anos e já trabalhou em unidades de cinco estrelas. Já Sandra Salema, é técnica de segurança e higiene no trabalho, mas sempre foi apaixonada pelo atendimento ao público.

“O espaço interior e o conceito decorativo, integrados no núcleo urbano antigo do Seixal, conferem ao edifício um charme muito particular, tornando este alojamento bastante aprazível e multifacetado”, sublinha o presidente da Câmara.

Situado na zona histórica, a dez minutos a pé do terminal fluvial, o Kais do Sol permite aos visitantes o acesso ao comércio local, restauração, atividades náuticas e áreas de lazer, bem como atividades culturais e desportivas em família. Apesar de ser um hostel, “funciona quase como um hotel”, uma vez que não dispõe apenas de dormitórios — tem  também quartos individuais. Isto significa que tanto tem quartos para um hóspede, como para seis. 

“Este género de alojamento, com uma tipologia de quartos variada, permite dar resposta a diversos tipos de procura, desde turistas individuais a famílias até, por exemplo, grupos de nautas e praticantes de atividades desportivas náuticas, entre muitos outros visitantes”, refere Joaquim Santos.

O Kais do Sol dispõe de oito quartos e pode acomodar até 24 hóspedes. Como explica à NiS Carlos Mesquita, “os quartos são todos temáticos, decorados com peças da zona”. Trabalharam sobretudo com peças antigas, seguindo o mesmo conceito do Letras e Talheres, que tem uma coleção com 340 peças vintage. Por lá encontrará, por exemplo, o Quarto Aquático, o das Ondas e o Natureza.

A unidade de alojamento dispõe igualmente de uma cozinha partilhada, sala de refeições, um lounge e um terraço onde é possível assistir ao pôr do sol. As estadias nos quartos individuais começam nos 40€, por noite. Nos dormitórios os preços começam nos 20€ por noite.

De seguida, carregue na galeria para ficar a conhecer melhor o hostel Kais do Sol.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua 1° Dezembro, 2
    2840-500 Seixal
ESTILO
hostel
PREÇO MÉDIO
Menos que 50€
AMBIENTE
urbano

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA