na cidade

Fomos à Feira do Chocolate de Corroios — vale mesmo a pena

O evento decorre até este domingo, 20 de fevereiro. Há stands para todos os gostos e divertimentos para os miúdos.
Imagem: Junta de Freguesia de Corroios.

É sexta-feira, 18 de fevereiro, e o relógio marca o ponteiro nas duas da tarde. O sol brilha, mas não está frio nem calor. Corroios encontra-se na azáfama habitual de dia da semana. Há carros de rotunda a rotunda, mas são poucas as pessoas que se veem nas ruas desta freguesia do Seixal. As atenções centram-se no Jardim Quinta da Água, porque é lá que se encontra a decorrer a Feira do Chocolate. 

A New in Seixal esteve no recinto e explica-lhe tudo. Se quiser dividir a mostra por zonas, percebe-se que existem áreas dedicadas às gordices, ao comércio e depois à restauração. Logo na entrada, a receção não podia ser melhor. Para os gulosos, há uma banca repleta de todo o tipo de doces que se prolonga ainda uns bons metros.

Mais à frente, para quem está preocupado com a dieta, a situação não melhora. Barraquinhas que vendem crepes, waffles, farturas, churros, panquecas e todo esse tipo de propostas pouco saudáveis, mas para muitos deliciosas, não faltam. No meio destas opções mais doces, o aroma a comidas confecionadas em forno de lenha irrompe no ar. A culpa é de um outro espaço, também perto da entrada, somente dedicado a isso.

Depois de passar a zona onde se juntam barraquinhas que vendem pipocas e algodão doce, quem visita esta feira vai passar por alguns divertimentos que vão chamar a atenção dos miúdos. Há carrinhos de choque, carrosséis e uma atração que promete deixar os mais novos eufóricos: o jumpy special one, o divertimento onde os mais novos podem saltar a uma grande altura presos por elásticos.

Uma vez passada esta tentação, é a vez de se encontrar com outra. Numa espécie de avenida principal, começam a ver-se os primeiros espaços que respeitam a rigor o conceito desta feira. É aqui que os fãs de chocolate muito possivelmente esboçam os primeiros sorrisos. Há opções para todos os gostos. E não, não se esgotam unicamente em sugestões em que o chocolate é o grande protagonista.

As espetadas de morangos com chocolate são um dos destaques.

Além das barraquinhas com espetadas de fruta, fontes de chocolate, brigadeiros e até de chocolates que mais parecem chupa-chupas, há bolos típicos de pastelaria que fazem as delícias dos visitantes. Ainda assim, o melhor de tudo, é que pode encontrar nesta edição da Feira do Chocolate de Corroios doces tradicionais de várias regiões de norte a sul do País.

Por exemplo, há uma banca que vende pão e bolos de Mafra — todos cozidos a forno de lenha. Também existem produtos típicos da Serra da Estrela, como mel, compotas e licores. Também mais acima da zona centro, chegam os pastéis de Tentúgal e de Óbidos a tradicional Ginja.

Deixando os doces de parte, também vai ter a oportunidade de comer uma refeição mais completa. Há vários espaços de comes e bebes, como é o caso da Taberna Portuguesa, O Barrosão, Delícias do Alentejo e o Rodinhas. Cada um com a sua especialidade, destacam-se as carnes de porco e o leitão, as barrosãs e outras comidas tradicionais portuguesas. A sopa da pedra, originária de Almeirim, no distrito de Santarém, é uma delas.

Antes de terminar a visita, ainda vai ter oportunidade de passar por dois espaços que têm à venda vinhos quentes, caipirinhas, shots e outros licores, que, no caso das temperaturas baixarem, são uma excelente opção para aquecer os visitantes apreciadores de bebidas espirituosas.

Note ainda que ao longo de todo o evento há tendas dedicadas apenas ao comércio. Desde os acessórios, como os fios, colares, pulseiras, ao vestuário; dos produtos de beleza aos minerais e à puericultura: as propostas, a grande maioria amigas da carteira, não se esgotam. Recorde-se que o evento arrancou na quinta-feira, 17 de fevereiro e termina este domingo, dia 20, às 22 horas. Consulte o programa completo neste artigo da New in Seixal.

De seguida, carregue na galeria para conhecer esta edição da Feira do Chocolate de Corroios.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA