na cidade

Este fotógrafo tira as fotos mais incríveis do Seixal — e pode vê-las no Instagram

A proposta de Alexandre Balas é simples: fotos e vídeos espetaculares vistas de cima, e com uma edição sublime.
Para conhecer melhor a sua terra.

Se está fechado em casa e a cumprir o confinamento, decretado pelo governo, mas quer continuar a viajar sem deixar o sofá, temos a solução para si. Agarre no telemóvel, abra a aplicação do Instagram e escreva Alexandre Balas no menu de pesquisa — não se vai arrepender. 

Este fotógrafo português tem apenas 30 anos e tem fotografias incríveis de Portugal (e do Seixal) na sua página de Instagram. Há quatro anos decidiu mudar completamente a sua vida e dedicar-se a 100 por cento à fotografia e ao vídeo aéreo. 

“Sempre senti que tinha um gosto especial pela fotografia”, confessa o fotógrafo de Tires à New in Seixal. Alexandre deixou o seu trabalho em informática (área em que tem formação) e apostou neste mundo. Assim que teve a possibilidade económica, comprou um drone e foi à descoberta. “Comecei a estudar mais a fotografia e percebi que queria que isto fosse mais do que um hobby”, revela. 

O gosto pelas paisagens e pela arquitetura levou-o para o caminho da fotografia e vídeo paisagística em Portugal, onde já percorreu zonas como a Baía do Seixal, o Cais Palafítico da Carrasqueira ou Oliveira do Mondego. “O que eu gosto de fotografar é mesmo a beleza, onde quer que ela esteja”, explica Alexandre.

Ainda assim, nem tudo são rosas. O ano passado foi complicado para todos, mas especialmente para aqueles com trabalhos mais instáveis, como é caso deste fotógrafo. “Tinha vários eventos e casamentos marcados para o ano que acabaram por ser desmarcados e não voltaram a acontecer”, conta com alguma tristeza. A carteira de clientes que tinha para os próximos meses voltou à estaca zero e teve que repensar o seu trabalho.

Alexandre não baixou os braços e aproveitou para melhorar os seus conhecimentos e dedicar-se por completo à fotografia paisagística, porque “não podia fazer mais nada do que sair e ir fotografar as paisagens que via”. O resultado foi colocado na sua página de Instagram e até já consegui ganhar novos clientes, como a Câmara Municipal do Seixal, a quem já vendeu uma fotografia.

A fotografia no Seixal:

“A culpa é da minha namorada”, é assim que explica as fotografias no Seixal. A namorada é do Seixal e desde que começou a visitá-la que se apaixonou pela beleza deste concelho.

“Ela não percebeu muito bem porquê é que eu fiquei fascinado, mas é realmente uma zona muito bonita”, acrescenta. Há fotografias do Núcleo Antigo do Seixal, de um pescador nas águas calmas do Rio Tejo ou até da Baía do Seixal.

Em comum têm: a simetria, o ponto de vista e as cores. A edição de todas as fotografias tiradas é depois feita em Lightroom. O resultado final é depois publicado na sua conta de Instagram.

Num futuro próximo vai também ter um site no ar, onde poderá ver todo o seu portfólio e vídeos feitos com o drone, e “até comprar as fotos em formato digital ou já em quadros”, revela. Aumentar o número de empresas para as quais trabalha também é um dos objetivos para 2021.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA