na cidade

Corroios celebra o Dia da Mulher com debates e muita música

A freguesia do Seixal preparou um programa especial dedicado às mulheres.
Fique a par de tudo.

Há mais de um século que o dia 8 de março passou a ter em vários países um novo significado. Segundo os livros de história, a mesma data em 1917 foi marcada por um protesto de mulheres na Rússia contra a Primeira Guerra Mundial e que exigiu melhores condições de vida. Na altura, a manifestação juntou mais de 90 mil operárias e ficou conhecida como uma greve por “paz e pão”. Dali resultou o direito às mulheres russas de votarem, entre outras conquistas.

A partir desse momento, e apesar de a Organização das Nações Unidas (ONU) apenas ter adotado oficialmente o Dia Internacional da Mulher em 1975, a data ganhou diversos propósitos. Há países que celebram as conquistas das mulheres, outros promovem a igualdade de género e ainda existem aqueles que usam este dia em sinal de protesto. Curiosamente, o dia 8 de março é, em diversos países, feriado oficial. É o caso do Afeganistão, Cuba, Uganda, Camboja, Bielorrússia, Bielorrússia e da Rússia e da Ucrânia.

Apesar de não ser feriado em Portugal, a freguesia de Corroios, no Seixal preparou um programa especialmente dedicado às mulheres, com conversas, debates e até música ao vivo.

Já nesta terça-feira, 8 de março, a partir das 10h45, no Auditório José Queluz dar-se-á início às Conversas sobre Saúde, onde o foco principal será a “Saúde da Mulher na Menopausa”. Depois, no sábado, dia 12 de março, o Auditório Municipal de Miratejo receberá a partir das 15h30 um colóquio, com espaço para debate, intitulado por “Salpicos de Mulher”. Ainda no mesmo dia, só que a partir das 21 horas, haverá um espetáculo onde o fado vai ser o grande protagonista.

Aproveite para conhecer algumas sugestões de garrafas da marca seixalense Avião de Encomenda, que pode oferecer às amigas, à namorada, à irmã, mãe ou avó neste Dia da Mulher. Para isso, carregue na galeria.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA