na cidade

Catarina, a fotógrafa seixalense que faz sessões incríveis com famílias

O projeto Caracool.Fotografia capta os melhores momentos de dezenas de famílias (e não só). A NiS conta-lhe tudo.
Conheça a Catarina Ribeiro.

Quando era pequena, o pai e o avô de Catarina Ribeiro eram especialistas em pendurar-lhe as máquinas topo de gama que tinham, para que andasse entretida enquanto eles tratavam de assuntos sérios e fotografavam. Na altura, os especialistas eram eles e não a fotógrafa seixalense, que, agora, sobretudo nesta época, capta momentos de dezenas de famílias no concelho numa das artes mais apreciadas dos nossos tempos: a fotografia.

“Uma das particularidades do meu trabalho é oferecer a possibilidade de os meus clientes serem fotografados na sua casa. Isto pode ser especialmente útil quando se pretende captar fotografias de toda a família no seu próprio espaço, longe da frieza do estúdio. Agora, as sessões de Natal ganham outra magia, com as próprias árvores de Natal. As fotografias ficam realmente doces, especiais e únicas”, explicou à NiS a fotógrafa.

Catarina Ribeiro apaixonou-se pela fotografia quase sem se aperceber. “Não foi à primeira vista, foi simplesmente sendo”, começou por contar. Desde sempre que se lembra de andar de máquina em punho a captar tudo aquilo que podia. Os amigos que o provem, já que todos têm, garante, uma fotografia tirada por si. Inicialmente não passava de um hobby ao qual dedicava, naturalmente, o seu tempo.

Contudo, a vida obrigou-a a profissionalizar-se. Catarina é mãe de três rapazes. O mais velho nasceu com uma patologia rara no sistema imunitário que o impedia de frequentar a escola. Estando em contacto com outros miúdos, era fácil apanhar infeções respiratórias que se transformavam rapidamente em pneumonias graves. Foi assim que mãe e filho se viram obrigados e estudar e trabalhar por casa.

“A Caracool.Fotografia surgiu nessa fase. Tive de pôr uma licença sem vencimento na minha empresa para o acompanhar e aos fins de semana ia fotografar. Ainda hoje é assim. Edito depois as fotografias que tiro à noite, durante a semana, e aos fins de semana”, explicou, Catarina Ribeiro.

Se, no entanto, lhe dissermos que esta fotógrafa do Seixal faz este trabalho apenas pelo sentido financeiro, estaríamos a mentir. Segundo disse, em conversa com a NiS, “a fotografia passou a representar um papel de equilíbrio emocional”. No fundo, é uma forma de se abstrair “de alguns dos obstáculos que a condição do seu filho lhe trouxe”.

Em cada trabalho, o objetivo é sempre: trazer o melhor daquela família que está a fotografar. Muitas das vezes, conta, uma das grandes vantagens da sua profissão é o facto de viver rodeada de “gente sorridente e de olhos brilhantes, por estarem a vivenciar dias que são especiais”.

Além de fazer sessões individuais, de famílias, gravidezes — e até partos —, marca presença em casamentos, concertos, congressos, espetáculos, lançamentos de livros e até há empresas que lhe pedem para fazer fotografia de produto e empresarial. Por exemplo, nos últimos tempos e com o crescimento dos projetos online, é habitual procurarem-na para fazer fotografias para sites, lojas online ou catálogos. 

Quando não é no exterior, a especialista em fotografia faz trabalhos em estúdio: no IRIS, na LX Factory, em Lisboa. Uma qualidade de imagem que consegue manter (e garantir) quando por lá não está. “Com o material que tenho consigo manter a qualidade das fotografias de estúdio, mas em casa das pessoas ou na rua”. 

Para marcar uma sessão com a fotógrafa Catarina Ribeiro deve enviar um email para caracool.fotografia@nullgmail.com ou enviar uma mensagem privada através das redes sociais Instagram e Facebook. Por lá, também é possível ir acompanhando os trabalhos desta seixalense. Fique atento aos posts porque, em breve, vão ser reveladas as datas e o local onde várias fotografias do projeto Caracool.Fotografia vão estar em exposição.

Quanto ao trabalho final, saiba que as sessões em família incluem as fotografias em formato digital, impressões das fotografias e/ou um álbum totalmente personalizado e um pequeno slideshow com música.

De seguida, carregue na galeria para conhecer algumas das fotografias captadas pela lente da seixalense Catarina Ribeiro.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA