na cidade

“A Torre da Marinha é a zona mais centralizada do concelho”

Sara Bita, uma das responsáveis da marca Caixa Comigo, defende o sentimento de comunidade da zona onde vive.
Sara leva a Torre da Marinha no coração desde que se lembra.

Podia começar por dizer que a Torre da Marinha é a zona mais centralizada do concelho, perto de tudo o que é comércio e atividade, mas isso é óbvio, está no Google Maps.

A verdade é que é muito mais do que isso. Aqui todos somos a filha de alguém. A filha da cabeleireira, do sapateiro, a filha do padeiro. Estes serviços abundantes e mesmo à nossa porta têm nomes que nos são familiares.

Não vamos apenas ao café, ao talho, cortar o cabelo ou comprar pregos. Vamos à Maria do café, ao Talho do Nelson, cortar o cabelo “à Paula” ou ao Sr. Salvador ver se ele me arranja um preguinho.

A dinâmica desta linda terra vem acompanhada de memórias do passado que é ainda tão presente. Só aqui sabemos o que é ver as horas pelo “buzo”. Umas porque o viveram, marcando este o seu dia a dia, desde a hora de ir, almoçar, até à hora de voltar da tão nossa fábrica dos lanifícios, e outras, como eu, neta e bisneta dessas, que de tanto ouvir contar, conseguimos ouvi-lo como se ainda tocasse.

Tem 33 anos e é uma das fundadoras do projeto seixalense Caixa Comigo.

A Torre da Marinha, com a baía a banhar-lhe os pés, é uma mistura perfeita de um passado com história, um presente dinâmico e um sorridente futuro, que desejo dar também aos meus filhos, quando os tiver.

Para mim a Torre da Marinha é um sentimento e é difícil escrever sobre ela e ser objetiva.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA