na cidade

A Ponte 25 de abril vai estar encerrada ao trânsito no domingo

A circulação de veículos estará interdita entre as 9h15 e as 13 horas, devido à realização da Meia Maratona de Lisboa.
A circulação de veículos estará interdita.

A Ponte 25 de Abril vai estar encerrada ao trânsito este domingo, 8 de maio, entre as 9h15 e as 13 horas, devido à Meia Maratona de Lisboa que decorrerá nesse dia. Como alternativa, as autoridades aconselham os condutores a utilizarem a Ponte Vasco da Gama.

A maratona partirá da praça das portagens da ponte e terminará à frente do Mosteiro dos Jerónimos, em Belém. A corrida dá direito a prémios de 50.000€ para quem quebrar recordes mundiais, tal como aconteceu o ano passado, quando o ugandês Jacob Kiplimo fixou o máximo masculino em 57 minutos e 31 segundos num percurso de 21 quilómetros (quebrou o recorde por um segundo). Desta vez, a organização está focada nas recordistas femininas.

“Temos um bónus de 50.000€ para trazer o recorde do mundo feminino, em partidas separadas, para Portugal. Esse recorde está fixado em 1:05.16 horas [Peres Jepchirchir (Quénia)]. E, naturalmente, o mesmo valor caso algum atleta masculino supere o tempo de Jacob Kiplimo (57:31) do ano passado. Não há impossíveis”, disse Carlos Móia, o presidente da Maratona, citado pela “Lusa” e “Diário de Notícias”.

A prova estava marcada para março, mas teve de ser adiada para maio devido à pandemia. Além dos vários atletas que pretendem quebrar o recorde mundial, a Meia Maratona de Lisboa contará com a presença de Eric Domingo Roldan, um maratonista espanhol que corre enquanto empurra uma cadeira de rodas que transporta a mãe, que sofre de esclerose múltipla. No ano passado, quebrou o recorde do mundo da maratona dessa categoria, com um tempo de duas horas, 53 minutos e 28 segundos.

No próximo domingo, 8 de maio, também se realizará uma prova de dez quilómetros, igualmente com partida da praça das portagens da Ponte 25 de Abril, onde correrão milhares de participantes.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA