fit

O maior milagre do chá de gengibre: acaba com as dores menstruais e os enjoos

Este alimento está repleto de nutrientes essenciais que ajudam ainda a prevenir o aparecimento de algumas doenças crónicas.
Os chás têm imensos benefícios.

Normalmente quando vamos ao supermercado não nos esquecemos de passar no corredor dos chás. O Verde, Camomila e até Cidreira são dos mais conhecidos e populares entre os clientes, mas ao longo dos últimos anos têm aparecido novas opções com funções de emagrecimento, diuréticos e até para melhorar o sono.

A verdade é que, muitas vezes, o melhor chá que podemos beber é feito diretamente a partir da planta, no seu estado puro, e que sabemos que não tem qualquer adição de substâncias menos interessantes. Se é uma fã incondicionável desta bebida, deve experimentar o chá de gengibre. Além de inúmeros benefícios para a nossa saúde, a longo prazo, pode ajudar a melhorar o nosso humor de imediato.

Mas antes de passar para os benefícios do chá, convém falar do gengibre. Esta raiz pertence à família Zingiberaceae. Normalmente é usado fresco ou em pó e tem vindo a servir de alimento e tempero há várias centenas de anos. Os seus benefícios são imensos. “Tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes devido à presença de gingerol, uma substância ativa do gengibre”, começa por explicar à NiT a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo.

O chá é feito apenas mergulhando um pedaço muito pequeno da raiz em água a ferver, antes de ser deixado a repousar. Esta bebida — sem qualquer vestígio de cafeína — tem um sabor um pouco picante e adocicado ao mesmo tempo. O seu principal benefício é, sem dúvida, o facto de ser antioxidante. Esta propriedade é responsável por quase todas as características benéficas deste chá para a sua saúde.

“Esta raiz parece ajudar na perda de peso e a reduzir o volume abdominal”, refere a nutricionista. Mas os benefícios também se estendem às doenças crónicas, como a diabetes e hipertensão. “Tem ainda demonstrado ajudar na redução da glicemia e melhorar fatores de risco de doença cardiovascular em pessoas com diabetes tipo 2”.

Segundo a nutricionista, um dos mais populares benefícios do gengibre pode ser a redução das dores associadas ao período menstrual. Ao nível de saúde das células, o gengibre “tem propriedades anticancerigenas e pode melhorar a função cerebral e proteger de doença de Alzheimer”, informa Bárbara.

As inflamações crónicas podem manifestar-se como dores musculares, dores nas articulações e até menstruais. Como o gengibre tem propriedades anti-inflamatórias, pode ajudar a reduzir os níveis e inflamação e reduzir as dores de corpo e mal estar geral.

Mas falando agora sobre as vantagens mais imediatas deste alimento, o gengibre ajuda a acalmar os enjoos e náuseas. Os antioxidantes estimulam a atividade gástrica e os músculos responsáveis pela digestão, fazendo com que trabalhem de forma mais rápida. 

Todos estes benefícios são razão suficiente para começar a introduzir esta raiz na sua alimentação. O gengibre pode ser adicionado aos pratos, como legumes salteados, batidos, panquecas, papas, leite ou bebida vegetal, bolos ou até às bolachas, as famosas bolachas de gengibre.

Porém, tenha cuidado: pode não ser indicado para todas as pessoas, principalmente para aquelas que têm problemas de circulação sanguínea, uma vez que esta raiz torna o sangue mais fino e aumenta a sua circulação nas veias e artérias. 

Carregue na galeria para descobrir outros quatro ingredientes que são adicionados à água para emagrecer (e calma, nenhum deles é o limão).

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA