cultura

Seixal acolhe a extensão da 18ª edição do IndieLisboa

Os filmes vão ser exibidos nos próximos dias 2, 16, 17 e 23 de novembro, no Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal.
As exibições são sempre à terça-feira.

Pela segunda vez consecutiva, o IndieLisboa voltou a não decorrer, como é habitual, durante a primavera. Esta 18ª edição arrancou no dia 21 de agosto e prolongou-se até ao dia 6 de setembro, mas não terminou por aí. Agora, o IndieLisboa 2021 – Festival Internacional de Cinema Independente deu início a mais um ciclo de extensões, de norte a sul do País, com a exibição de uma seleção dos melhores filmes que passaram este ano pelo festival.

O Seixal vai ser uma das cidades que estarão a acolher esta extensão do evento de cinema. Marque na agenda: nos próximos dias 2, 16, 17 e 23 de novembro, pelas 21h30, o Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal vai transmitir produções que, por norma, não estão a circular no radar mais mainstream de filmes. 

No que toca à programação desta extensão da 18ª edição do IndieLisboa, o destaque vai logo, no primeiro dia, 2 de novembro, terça-feira, para uma longa-metragem — “La Última Primavera” — com o argumento de Isabel Lamberti e Lenina Ungari e que participou na Competição Internacional. No dia 16 de novembro, terça-feira, vai poder ver “The Inheritance“, um documentário que marca a estreia de Ephraim Asili no universo das longas-metragens. O tema da produção é a de que o produtor norte-americano já nos habituou: a diáspora africana.

Já a comédia “Shiva Baby“, inspirada nas experiências de vida da escritora e realizadora Emma Seligman, é apresentada no dia 17 de novembro, quarta-feira. Para fechar a extensão do IndieLisboa 2021, o auditório seixalense vai transmitir, no dia 23 de novembro, terça-feira, “Ney, à Flor da Pele“. Este documentário, de autoria de Felipe Nepomuceno, faz uma retrospetiva no impacto da música, das performances e ideias de Ney Matogrosso, um dos mais importantes intérpretes brasileiros, a partir da segunda metade do século XX.

Neste momento, os bilhetes para o festival já se encontram à venda online e custam 2€. Todas as informações sobre o evento podem também ser pedidas através do contacto do Fórum Cultural do Seixal, 210 976 100.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA