cultura

“A Pulga Atrás da Orelha” é a sátira social que não vai querer perder no Fórum Cultural do Seixal

A peça baseia-se no século XX e é um dos maiores sucessos do dramaturgo francês George Feydeau.
Auditório Municipal do Seixal.

Inaugurado em 1993, o Fórum Cultural do Seixal integra, entre outros espaços, o Auditório Municipal, um dos melhores locais com condições técnicas para a realização de espetáculos, colóquios e conferências da Área Metropolitana de Lisboa. É aqui que o Teatro da Terra vai apresentar a peça “A Pulga Atrás da Orelha”, do dramaturgo francês George Feydeau. 

Entre os dias 16 e 25 de setembro, de quinta-feira a sábado, com início sempre às 21h30, pode assistir a esta sátira social ao casamento e à vida da burguesia parisiense do início do século XX, encenada por Maria João Luís.

A peça conta a história de Raymonde Chandebise que é casada, e feliz, com Victor Emmanuel. Após vários anos, começa a desconfiar do marido, testando-o com um encontro num hotel com uma admiradora fictícia. A exibição desenrola-se num carrossel de equívocos, encontros, desencontros e coincidências improváveis. Estes acontecimentos são muito comuns na composição dramática vaudeville, popular na França nos séculos XIV e XX. Foi com “A Pulga Atrás da Orelha”, uma peça cheia de alegria, que o autor se tornou um dos melhores dramaturgos de todos os tempos. 

Se quiser assistir a este espetáculo que promete animá-lo, pode comprar os bilhetes online. O valor é de 8€, mas caso tenha menos de 25 anos, for reformado ou funcionário das autarquias do Seixal, tem um pequeno desconto e paga apenas 5€.

Recorde-se que esta não é a primeira vez que um espetáculo de George Feydeau é apresentado no Auditório Municipal do Seixal. Depois de dois sucessos como “O Marido Vai à Caça” (2011) e “A Dama do Maxim “(2014), o autor volta para animar os seixalenses. 

 

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA