cultura

Óscares, terror e lágrimas: as estreias da semana nas salas de cinemas nacionais

O remake de "A Cor Púrpura" é um dos grandes destaques. A lista de novidades também inclui produções portuguesas.
Uma estreia a não perder.

“Uma reinterpretação arrojada de um dos clássicos mais adorados do cinema”. É assim que está a ser descrito o novo “A Cor Púrpura”, remake do filme homónimo lançado em 1985. No elenco, encontrávamos alguns dos maiores talentos daquela altura, como Whoopi Goldberg, Danny Glover, Laurence Fishburne e Oprah Winfrey.

No remake, que chega esta quinta-feira, 8 de fevereiro, às salas de cinema portuguesas, os atores são outros, apelando a uma geração mais nova que provavelmente nunca viu a produção do século passado.

Fantasia Barrino (Celie), Taraji P. Henson (Shug Avery), Danielle Brooks (Sofia), Colman Domingo (Mister), Corey Hawkins (Harpo), Phylicia Pearl Mpasi (versão jovem de Celie), Halle Bailey (versão jovem de Nettie) e Jon Batiste (Grady) são apenas alguns dos exemplos.

“Em 1909, na Geórgia, Celie Harris vive com a irmã Nettie e Alfonso, o pai abusivo que a obriga a casar com um agricultor local. Forçada a enfrentar inúmeras dificuldades na sua vida, Celie finalmente encontrará força e esperança nos laços inquebráveis da solidariedade entre irmãs”, lê-se na sinopse.

Tal como a obra em que se inspira, também esta está a ser um sucesso entre os críticos e galas de prémios. No Rotten Tomatoes conta com uma avaliação de 83 por cento. E mais: Danielle Brooks está, pela primeira vez na sua carreira, nomeada ao Óscar de Melhor Atriz Secundária.

Outro dos grandes destaques desta semana, e que também está nomeado aos prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, é “Past Lives”, a primeira obra alguma vez realizada por Celine Song, de 36 anos. Está a concorrer em duas categorias: Melhor Filme e Melhor Guião Original

A produção explora a relação de Nora (Greta Lee) e Hae Sung (Tee Yoo) ao longo de várias décadas, mesmo após se terem afastado, tanto em termos físicos como emocionais.

Quando finalmente se reencontram nos Estados Unidos, 20 anos após se terem conhecido (quando eram miúdos), somos deparados com um momento devastador. Percebemos, assim, que duas pessoas que parecem perfeitas uma para a outra deixaram passar a oportunidade de viverem juntas.

O conceito é simples, mas as nuances do romance e amizade dos protagonistas ajudaram a criar uma das histórias mais cativantes do cinema em 2023. No Rotten Tomatoes, site que agrega críticas de diferentes meios, conta com uma pontuação de 96 por cento. 

Ao contrário do que aconteceu na semana passada, a partir desta quinta-feira há propostas diferentes para todos os gostos, desde terror a comédias românticas e animações para os miúdos. 

Carregue na galeria e conheça os filmes que chegaram esta quinta-feira aos cinemas.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA