cultura

O bromance improvável entre Tom Cruise e David Beckham (que viram juntos a final do Euro)

O ator foi essencial na mudança do futebolista para os EUA, mas depois afastaram-se. No domingo celebraram juntos o golo.
Cruise, Holmes, Victoria e David Beckham foram próximos.

Neste domingo, 11 de julho, dois rostos destacaram-se nas bancadas do estádio de Wembley, na final do Euro 2020, que opôs Inglaterra a Itália. O ator Tom Cruise e o ex-futebolista David Beckham foram vistos a assistir à partida na mesma zona do estádio — curiosamente mesmo ao lado do presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes.

Quando Inglaterra marcou, logo no início do jogo, Tom Cruise e David Beckham fecharam os punhos e cumprimentaram-se, celebrando juntos. Apesar de não ser tanto o seu mundo, há vários anos que Cruise torce pela seleção inglesa.

Por isso mesmo é que, antes desta partida decisiva — que Itália acabaria por ganhar — fez uma chamada de FaceTime com todos os jogadores da equipa. Terá sido a transmissão de uma mensagem de apoio, mas os atletas tiveram de assinar um acordo de confidencialidade para não divulgarem nada do que ali foi dito.

Além disso, os jogadores tiveram direito a assistir a “Top Gun: Maverick”, filme que está pronto desde o ano passado mas que, por causa da pandemia, só chega aos cinemas em novembro.

A amizade entre David Beckham e Tom Cruise parece estar relativamente apagada há vários anos — mas a relação entre ambos já foi próxima e intensa. Começou há mais de 15 anos.

O início

Terá sido por volta de 2003 que as duas estrelas mundiais se conheceram, embora não se saiba como tal aconteceu. Na altura, Tom Cruise namorava com Penélope Cruz. Os dois foram a Londres, no Reino Unido, promover o filme “O Último Samurai” — e poderá ter sido nesse período que Cruise e Beckham se cruzaram.

No verão de 2004, já eram claramente bons amigos. Beckham tratou dos preparativos para que Cruise voasse para Espanha para o ver jogar numa partida pelo Real Madrid.

Em fevereiro de 2005, nasce o terceiro filho de David e Victoria Beckham — Cruz. De acordo com a biografia do futebolista, “The Beckham Experiment”, publicada em 2009 e escrita por Grant Wahl, a escolha do nome foi diretamente inspirada em Tom Cruise.

“Devo admitir, quando conheci o Tom, lembro-me de me virar para a Victoria e dizer ‘Cruise é um ótimo nome, mas podíamos escrevê-lo de forma diferente’”, disse Beckham a Grant Wahl para o livro.

Tom Cruise e Katie Holmes casaram em 2006, mais ou menos quando Beckham estava de saída do Real Madrid. David e Victoria foram convidados restritos e estiveram em Itália — onde a cerimónia aconteceu — durante vários dias. Contudo, David não pôde ficar mesmo para o dia do casamento, porque tinha compromissos com a sua equipa. É a partir deste momento que a imprensa começa a acompanhar de perto a relação de amizade entre os dois casais.

A mudança para Los Angeles e a aproximação

Estamos em 2007 e David Beckham abandona a geração galática do Real Madrid para se mudar para o clube americano L.A. Galaxy. Tom Cruise terá sido um grande facilitador neste processo. Os amigos falaram várias horas, durante dias, antes de Beckham finalmente tomar a decisão.

Depois disso, Beckham pediu sugestões a Cruise, sobre onde a família deveria morar em Los Angeles. Supostamente, tornaram-se quase vizinhos — na altura a imprensa noticiou que as duas propriedades ficavam a cerca de cinco minutos de distância.

Além disso, Tom Cruise recebeu os Beckham com uma grande festa de boas-vindas — com vários convidados celebridades. De acordo com o “The Guardian”, quando a família britânica chegou à sua casa de Beverly Hills, descobriram alguns presentes do ator estacionados — um Cadillac Escalade, um Lincoln Navigator e um Bentley Continental.

Pouco tempo depois, os Beckham ficam agenciados pelos mesmos representantes de Tom Cruise e Katie Holmes. Segundo “The Beckham Experiment”, David até contratou o mesmo terapeuta físico que Tom, para que trabalhasse várias horas consigo em casa.

A aproximação era cada vez maior. Durante o ano de 2008, Tom e Katie tornaram-se convidados regulares na bancada do estádio do L.A. Galaxy. E os Beckham iam às estreias oficiais dos filmes de Cruise.

Os quatro passaram o Dia de Ação de Graças juntos, em Nova Iorque. E também foram vistos a ir à estreia de Holmes na Broadway. Este foi o auge da relação entre as duas superestrelas e as suas famílias. A partir daqui, só pareceu haver cada vez um maior afastamento.

O afastamento

Em 2009, Beckham e Cruise só foram vistos juntos poucas vezes — e sempre no contexto do futebol. Em simultâneo, Tom Cruise começou a sua primeira grande produção em vários anos, “Dia e Noite”, enquanto David Beckham foi emprestado ao AC Milan, clube italiano.

Durante o ano seguinte, não foram vistos uma única vez juntos — nem sequer Katie e Victoria, que também se tinham tornado grandes amigas. Só em 2011 é que houve um reencontro público.

Num jogo de basquetebol, dos Lakers, Tom Cruise e David Beckham estavam ambos na bancada com os filhos. Cumprimentaram-se de forma cordial mas não passaram muito tempo juntos nem se apresentaram como próximos. Numa entrevista sobre “Missão Impossível: Operação Fantasma”, contudo, Tom Cruise disse que adoraria tornar Beckham numa estrela de cinema.

Uma das últimas vezes em que foram vistos juntos foi em 2012, numa das festas oficiais dos Óscares. Porém, foi no mesmo ano em que Katie Holmes e Tom Cruise se separaram. Surgiu até um rumor, imensamente espalhado na imprensa cor-de-rosa, de que duas das maiores celebridades de Hollywood se estavam a separar e que havia um segredo de o homem ter tido uma relação extraconjugal com um atleta profissional — fazendo com que os tablóides se questionassem se isto poderia ter realmente acontecido entre Tom Cruise e David Beckham, e justificando que poderia ser esse o motivo para o seu afastamento.

Embora nunca tenha havido quaisquer tipos de provas nem de comentários sobre isso, muitos (como o próprio jornal “The Guardian”) questionaram-se sobre o porquê de a relação tão forte de amizade entre Tom Cruise e David Beckham ter acabado aos poucos — nunca foi apontada qualquer razão em concreto. Ainda assim, os dois parecem continuar amigáveis, por aquilo que foi possível ver neste domingo.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA