cultura

MOTELX: o festival de cinema de terror chega ao Seixal — e a entrada é livre

O Parque Urbano do Seixal recebe a extensão da 16.ª edição do evento entre os dias 29 de setembro e 1 de outubro.
Não vai querer perder.

A 16.ª edição do MOTELX — Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa decorreu entre os dias 6 e 12 de setembro no Cinema São Jorge, mas também noutros espaços da capital portuguesa. Brevemente, a festa do cinema vai chegar a outros concelhos do País incluindo o Seixal.

De 29 de setembro a 1 de outubro, quinta-feira a sábado, o Parque Urbano do Seixal recebe uma extensão do MOTELX. Tudo estará a postos para a transmissão de um conjunto de curtas-metragens para os fãs de terror, mas também para os espetadores mais novos. A entrada é livre, mas limitada à lotação do espaço.

Logo no primeiro dia, 29 de setembro, a sessão de curtas-metragens — com a duração de 70 minutos — começa pelas 21h30. Produções como “Vórtice“, “Uma Piscina”, “Reverso” e “Quando a Terra Sangra” estarão em destaque. Já no segundo dia, à mesma hora, é a vez de serem apresentadas as obras estrangeiras, como a “Guts” e “Buzzkill“.

Na última fase do festival no Seixal, os miúdos também podem participar nesta festa do terror através da iniciativa Lobo Mau. Trata-se de um conceito que pretende aproximar as artes dos mais novos, tendo um papel essencial na formação cultural dos jovens. Assim, vão ser exibidas várias curtas-metragens, num total de 62 minutos, especialmente pensadas para o público infantil.

Recorde-se que o presente festival é um dos mais emblemáticos do género, trazendo milhares de pessoas anualmente a Lisboa. Em 2021, por exemplo, foram mais de 19 mil espetadores que, em apenas seis dias, visitaram o MOTELX. O evento destaca-se ainda por estar inserido no único festival português membro da Méliès International Festivals Federation (MIFF) e da Europe for Festivals, Festivals for Europe (EFFE).

De seguida, carregue na galeria para saber mais sobre cada curta-metragem que vai estar em exibição no Parque Urbano do Seixal.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA