cultura

Jüra vai estrear o seu primeiro EP num concerto a não perder em Lisboa

A artista residente no Seixal atua no Estúdio Time Out no próximo dia 19 de maio, quinta-feira.
Fotografia: Joanna Correia.

Se a sua música esteve durante muitos anos no anonimato, a cada dia que passa está cada vez mais longe dessa realidade. Jüra, a artista do Seixal que promete vir a ser um dos novos fenómenos da música pop nacional, encontra-se neste momento a tratar dos últimos preparativos para o seu primeiro concerto como intérprete das suas próprias canções. Porém, até lá, vão chegar mais novidades.

O plano passava por lançar semanalmente, todas as quintas-feiras, uma música nova, dando assim forma ao seu EP de estreia “Jüradamor”. E assim a artista tem seguido à risca. “Diz-me” marcou em janeiro a estreia deste projeto que compila várias canções que Jüra tem vindo a escrever ao longo dos últimos anos. No entanto, até este sábado, dia 7 de maio, foram lançadas mais quatro músicas.

“Porquê?” é precisamente o nome do segundo tema de avanço do EP. Estreou em todas as plataformas digitais no final de abril e tornou-se em pouco tempo numa das canções de maior destaque. “Isto é tudo sobre pedacinhos do que eu senti ao longo deste tempo todo, da minha relação. E a ‘Porquê?’ vem numa altura em que as coisas já estão mais vividas e que passa o tempo e que começam a surgir discussões. Outros problemas, vida, vida que já não se cruza, que se separa. Sou eu a perguntar-me ‘porque é que o amor não chega?’. ‘Porque ficar não é só amar?'”, explica.

Logo de seguida, foi a vez de a voz da jovem artista e compositora, natural de Alcobaça, chegar ao online através do tema “Luzétudo”. Esta produção retrata exatamente aquilo que o próprio título diz: a luz para Jüra é tudo. Nas palavras da artista podemos ouvir cantar o amor e o desamor assim como as quebras dos relacionamentos ou os pequenos conflitos. 

“A “luzétudo” é também um reflexão como todas as outras, mas faz-me pensar e dizer e querer para mim que por mais escuro que tudo isto nos pareça hoje, o que tem vindo a acontecer entre nós é luz e a pessoa vai ser sempre luz para mim. E a luz é tudo para mim, por isso, aconteça o que acontecer, vou sempre ver o outro como luz”, conta em entrevista à New in Seixal.

Já na última quinta-feira, 5 de maio, foi a vez de todos poderem passar a ouvir a “Dentro”. Segundo o que Jüra partilhou com a NiS, esta canção foi escrita num momento mais crítico em que esteve mais separada. “Eu sinto e sei que tu também sentes, sinto saudades e sei que tu também. Isso e que mais cedo ou mais tarde vamos ter que nos reencontrar”, confidenciou ainda.

Todas estas produções foram escritas pela artista e acabaram por nascer sempre sozinhas. À primeira pode parecer estranho, mas já vai compreender. Nos momentos em que Jüra sentiu tudo aquilo que hoje está refletido nas músicas do seu primeiro EP desencadearam logo a produção dos próprios temas. “Fui criar em cima do beat e elas nasceram automaticamente. É como se eu estivesse a refletir sobre estes assuntos e ao mesmo tempo a ouvir o que eu estou a sentir”, esclareceu.

Para fechar em grande o EP “Jüradamor” ficam a restar apenas dois temas. “A Vida Voa” e “Nua”: esta última parece encerrar este projeto com chave de ouro.

O concerto de apresentação do EP “Jüradamor”

A grande estreia do EP de Jüra está marcada para o dia 19 de maio, quinta-feira, no Estúdio Time Out em Lisboa. Os bilhetes já estão à venda online. Esta será também a primeira vez que a artista residente no Seixal irá subir aos palcos como intérprete das suas próprias canções.

“Desta vez é diferente, já subi a muitos palcos nas áreas da dança, no circo, mas nunca na música. Vou estar mais vulnerável, porque vou expor o que sinto e a verdade. Será um momento onde vou ser muito eu. Vou estar muito exposta, mas estou muito feliz porque não poderia ser mais verdade. Não poderia ser, dentro da tristeza do que escrevo, mais bonito — porque também há beleza na tristeza”, contou numa entrevista em março à NiS Jüra.

Mais recentemente a artista garantiu à New in Seixal que este será um concerto incrível. “O público vai poder ouvir todas estas músicas ainda com mais energia, ainda com mais vida, ainda com mais Jüra”, diz. “Porque isto é tudo muito de verdade para mim, então é o reviver de todos os momentos, mas desta vez vou partilhá-los. Estou muito entusiasmada e quero muito que as pessoas venham sentir isto comigo”, acrescentou.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA