cultura

GP lança novo álbum onde expõe “todos os sentimentos”

Obra do artista seixalense chama-se “Mine” e conta com 12 faixas, incluindo o primeiro single do próprio.
O jovem músico.

GP é o nome artístico de Gustavo Pinho de 23 anos, um jovem seixalense que se aventurou no mundo da música e está a explorar as capacidades de criação, produção, composição e edição musical. Depois de se ter afirmado com o tema “Too Good”, no dia 16 de fevereiro de 2023, o músico decidiu avançar com o álbum “Mine”. Esta criação de 12 faixas inclui o primeiro tema de GP e pretende “mostrar todo o tipo de sentimentos” ao longo das músicas.

“Eu queria representar-me e explorar todos os níveis de sentimentos. Sinto a música que oiço e queria que estivesse tudo presente no álbum, o sentimento de confiança, tristeza, felicidade, queria que estivesse tudo lá”, diz GP à New in Seixal. A música de GP bebe da honestidade e pureza dos clássicos dos anos 70, com um toque de modernidade e criatividade. Os temas são cantados em inglês e têm uma batida hipnotizante, que pode ser ouvida no Spotify ou na Apple Music.

“O meu objetivo era comunicar numa língua universal, é esse o meu objetivo. Também tenho planeado começar a desenvolver e a produzir músicas em português e a pensar na minha língua materna. No entanto, acho que para começar o ideal seria com uma língua universal, até porque na minha opinião existe uma fórmula diferente para a criação de uma música em inglês e em português”, explica.

“Acho que a música em português é algo com muito mais peso. É uma letra que tem de ser muito mais bem pensada, digerida e relida. No fundo é algo mais complexo e tenho muito mais respeito por ela. Já a música em inglês tem uma fórmula mais simples, ou seja, a música pop tem uma estrutura que eu já conhecia e achei que era melhor aplicá-la primeiro antes de desenvolver as minhas capacidades e depois, sim, fazer músicas em português”, acrescenta.

Pode ser clichê, mas GP assinala o tema “Too Good” como o chamariz do álbum. Explica que, além de ser a primeira música, foi a ação necessária para avançar e acreditar em todo o projeto musical.

“Lá para a frente, quero explorar cada sentimento individualmente e depois passar para o português e misturar diferentes géneros. Cresci a ouvir vários estilos e depois crio, inconscientemente, um blend de todo o tipo de música que ouço. Considero que seja um álbum pop com alguns elementos não pop”, conclui.

GP atuou nas festas de São Pedro no Seixal no dia 12 de junho, performance que acabou por moralizar o artista. Agora, olha para o futuro e já está a preparar um videoclip para a faixa “Something New”, que deve ser lançado entre o final de abril e o início de junho.

Gustavo vive com toda a família no Seixal e produz o seu conteúdo musical dentro do concelho. É licenciado em Design no IADE e está a terminar o último ano de mestrado em Design e Publicidade na mesma instituição.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA