compras

YLAME: a nova marca de joalharia seixalense vende peças lindas em aço inoxidável

Por enquanto pode apenas encomendar através das redes sociais, mas o objetivo é abrir uma loja física no futuro.
São bem giras.

O confinamento já parece uma memória distante, até porque o desconfinamento atingiu a sua última fase, prevista no plano do governo. Numa altura em que muitos projetos saíram da gaveta, continuam a surgir novos negócios de entregas ao domicílio no mundo da joalharia, que apaixona mulheres (e não só) todos os dias.

Em agosto deste ano, uma seixalense concretizou um sonho antigo que já andava na sua mente há vários anos. Aos 26 anos, Mafalda Martins aproveitou o facto de ter sido despedida do seu trabalho, em janeiro, para criar o seu próprio negócio. O gosto pela moda e vendas, o seu trabalho antigo, ajudou-a no processo de decisão.

“Este é um sonho que tenho há alguns anos, mas que nunca tive oportunidade de avançar. Aproveitei o facto de ter sido despedida devido a toda a esta situação pandémica e logo começaram a surgir várias ideias, sendo a YLAME a minha principal aposta”, explica-nos a seixalense.

Começou a trabalhar na criação da marca logo em janeiro, mas só lançou a primeira coleção este verão. Como está neste momento a tirar uma licenciatura em Comunicação Social, aproveitou a marca para pôr em prática alguns dos ensinamentos do curso. A ajudar está o namorado, Bruno Costa, que gere a fotografia e o vídeo da marca nas redes sociais.

O nome pode parecer estranho, mas tem um motivo. A palavra YLAME tem origem árabe, sendo que significa brilho.  “Surge numa fase mais escura da minha vida pessoal para, de certa forma, fazer-me renascer. Brilho significa luz que se emite e reflete e é essa mesma luz que quero transmitir com a minha marca em pequenos detalhes e na simplicidade das peças”, conta a jovem.

Alguma das peças.

Desta forma, o conceito é levar às clientes peças simples com um preço acessível — tudo para que possam sentir-se confiantes durante o dia. Por isso mesmo, criou diferentes tipos de peças, que vai poder utilizar consoante a ocasião.

Na YLAME encontra anéis, pulseiras, colares e brincos, tudo em aço inoxidável, para não perderem cor. Os preços variam consoante a peça, como é hábito nestes negócios, e vão dos 6€ até aos 13€. Se estiver no concelho do Seixal, a responsável entrega as peças presencialmente. Para o resto do País pode encomendar através dos CTT.

“O que nos diferencia da concorrência são os acessórios de qualidade a um preço acessível, a interação e atenção que temos com as nossas clientes a qualquer dia e hora para que todas as dúvidas sejam esclarecidas da melhor forma. E também o cuidado nas nossas embalagens, que são produzidas a pensar no meio ambiente, sendo elas provenientes de materiais reciclados.”

A adesão dos clientes tem superado as expetativas da responsável, tendo atingindo mil seguidores em menos de dois meses e esgotado o stock das primeiras coleções. Em breve, Mafalda pensa abrir um espaço físico, assim que o número de clientes o permitir.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA