compras

Tá.limpo.tá: a nova marca seixalense que limpa e trata sapatilhas até ficarem como novas

O projeto criado por Renato Trindade é especializado em limpeza, tratamento e restauro de calçado. Este artigo vai salvar muita gente.
Todo o processo passa pelas mãos do jovem seixalense.

Há um novo projeto seixalense para onde pode enviar os pares de sapatilhas que estiverem no seu pior estado. Em troca, irá recebê-los como se estivessem praticamente novos. Chama-se Tá.limpo.tá, um nome que brinca com a oralidade portuguesa, e oferece a possibilidade de limpeza, tratamento e restauro de calçado.

À frente da marca está Renato Trindade, de 31 anos. O seixalense nascido e criado no Casal do Marco começou todo o negócio por uma simples brincadeira que, poucos meses depois, está a fazer um verdadeiro sucesso. Do Seixal, da Margem Sul e de vários outros pontos de Portugal, chegam-lhe diariamente dezenas de sapatilhas para que, como diz, possa dar “uma segunda oportunidade ao chão que pisam”.

“Durante a pandemia tive de me reinventar. Uma vez, olhei para o meu calçado e reparei que estava todo sujo. Como é óbvio acabava por não calçar. Até que comecei a ver uns vídeos na Internet e a limpar as minhas sapatilhas. Depois disso, comecei a fazer o mesmo com as dos meus familiares e mais tarde com as dos meus amigos”, começa por esclarecer à NiS.

Desafiado pelas pessoas que lhe eram mais próximas, criou então uma página do Instagram em março deste ano. A partir daí começaram a surgir os sucessivos pedidos. “Agora é o que se vê, não tenho tempo praticamente”.

Renato garante que as pessoas aderiram em peso. Uma vez, por exemplo, teve um cliente que lhe enviou 14 pares de calçado para limpar. 

ver galeria
Tá.limpo.tá: a nova marca seixalense que limpa e trata sapatilhas até ficarem como novasTá.limpo.tá: a nova marca seixalense que limpa e trata sapatilhas até ficarem como novasTá.limpo.tá: a nova marca seixalense que limpa e trata sapatilhas até ficarem como novasTá.limpo.tá: a nova marca seixalense que limpa e trata sapatilhas até ficarem como novasTá.limpo.tá: a nova marca seixalense que limpa e trata sapatilhas até ficarem como novas

“As pessoas ficam maravilhadas com o trabalho e aconselham aos amigos e familiares. O meu feedback é muito positivo”, conta Renato Trindade. O facto de ser um apaixonado por sapatilhas também ajuda a que a qualidade do trabalho seja maior.

O jovem seixalense tinha o hábito de comprar cerca de sete pares de sapatilhas por ano. Agora, com as técnicas que aprendeu, abdicou desse seu lado shopaholic, passando também a transmitir este espírito de reparo e de reutilização do calçado. Aplicou-o a si e tenta passá-lo, graças ao projeto Tá.limpo.tá, aos seus clientes.

“Pode parecer estranho no primeiro momento, mas a verdade é que me considero o sapateiro da era moderna”, diz, acrescentando que muitas vezes uma reação como “está novo, muito obrigado” é o suficiente para sentir que está no bom caminho e a alcançar os objetivos desta marca seixalense.

Em relação a todo o processo, Renato explica que varia consoante o material do calçado. O caso da camurça, por exemplo, não pode ser limpa com água. Pelo contrário, para o couro a utilização da água juntamente com o produto específico de limpeza é imprescindível. Contudo, no geral, o processo é sempre o mesmo: tiram-se os atacadores e são deixados de molho; limpa-se a sola e depois, para finalizar, todo o exterior da sapatilha.

Até conseguir abrir uma loja no concelho do Seixal — este é um dos seus grandes objetivos — todas as pessoas podem conhecer o projeto através da página do Instagram. Lá, o atendimento será sempre personalizado e o cliente terá todos os esclarecimentos de que precisa, desde o conhecimento do processo até ao pedido do serviço e posterior entrega. Em média, os preços para uma limpeza mais simples começam nos 12,50€ e podem ir até aos 25€, no caso de restauro com pintura.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA