compras

T-Shirt polémica gera pedidos de boicote ao El Corte Inglés

Na peça vê-se um quadrado azul e amarelo, semelhante à bandeira ucraniana, coberta por uma cruz vermelha.
Inacreditável.

A semana terminou da pior maneira para o El Corte Inglés, que está atualmente sob críticas nas redes sociais. Tudo por causa de uma T-shirt.

Inserida na campanha da Semana da Internet, que coloca várias peças em desconto, surge uma peça de roupa com uma bandeira familiar. O retângulo dividido a meio apresenta as cores exatas do país de leste: o azul celeste e o amarelo. Sob o símbolo, uma enorme cruz vermelha.

O design gerou imediatamente polémica, sobretudo numa altura em que permanece aceso o conflito entre Rússia e Ucrânia que resultou, até ao momento, na morte de mais de 30 mil civis. Foi no X (antigo Twitter) que as críticas se acentuaram.

“Não quis acreditar que o El Corte Inglés fosse este tipo de empresa, que promove um tipo de ódio dissimulado, muito menos através de crianças, mas a verdade é que a T-shirt não só está à venda, como faz parte da imagem de promo”, escreveu uma utilizadora. Outros se seguiram, com pedidos de boicote ao El Corte Inglés.

Na verdade, a T-shirt não está à venda, mas sim os calções que surgem na imagem. A peça, contudo, existe e é da autoria da Gocco, uma marca espanhola para recém-nascidos, bebés e miúdos.

A polémica estalou igualmente em Espanha, com muitos utilizadores das redes a apontarem o dedo à marca espanhola. Num dos muitos sites de petições espanhóis, existe já um pedido para a retirada da peça da coleção e que conta — e que desde sábado reuniu perto de mil assinaturas.

O El Corte Inglés abordou a polémica no X, numa publicação feita na tarde deste domingo, 12 de maio. “Preocupamo-nos com a opinião de todos e, transmitindo as palavras da Gocco, os desenhos da marca são realizados com muito carinho e respeito por todas as comunidades e países”, começa por referir a cadeia espanhola.

“Por isso, a marca tem apresentado produtos similares aos do modelo, mas noutras cores. Os desenhos são criados seguindo os valores como a paixão pela moda, qualidade e família, sempre na tentativa de transmitir a espontaneidade e a naturalidade de ser criança”, lê-se na nota. “O El Corte Inglés e a Gocco lamentam ter ofendido algumas pessoas, sem ter essa intenção.”

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA