compras

Regresso aos anos 70: as calças retro da Cortefiel são pura nostalgia

Enquanto não se constrói uma máquina do tempo, usa-se a moda para relembrar a história. E há décadas que não se esquecem.
Têm uma modelagem perfeita para o verão.

Existe um comentário muito comum entre os mais jovens: “Nasci na época errada”. Para quem não teve a oportunidade de viver uma determinada década, que se revelou transformadora cultural e socialmente, há muitas vezes a necessidade de voltar atrás no tempo. A melhor forma de viver — ou relembrar, em alguns casos — os momentos mais marcantes de um período histórico é através da moda.

Enquanto o mundo está focado no revival dos anos 90 e 2000, a Cortefiel andou um pouco mais para trás. Entre as suas opções para esta estação, estão umas calças largas e muito fluidas que poderiam fazer parte de uma imagem captada nos anos 70.

Como não podia deixar de ser, os estampados que marcaram a década são também o elemento principal da proposta: formas orgânicas, com uma vertente geométrica, com cores que remetem para a natureza. O amarelo e o verde sobressaem numa base mais sóbria, emanando todo o espírito de liberdade que associamos a essa altura.

Vai sentir-se numa época diferente.

Além de largas e com um corte à boca de sino, são desenhadas com uma cintura subida que, no que diz respeito a estilizar a silhueta, são um trunfo constante. Ajudam a criar uma figura mais longa e fina, um truque tão eficaz que continua a ser usado em modelos com um design mais contemporâneo.

Os modelos coloridos e boémios nem sempre vão ser a escolha favorita das mulheres mais discretas, mas há uma forma de dar a volta a isto. Se combinar uma parte de baixo mais chamativa com uma parte de cima mais discreta, pode incorporar o estilo dos anos 70 à sua maneira.

As calças custavam 59,99€, mas podem ser compradas por 39,99€. Estão disponíveis no site da Cortefiel e os tamanhos vão do XS ao XL.

Carregue na galeria para conhecer as sapatilhas que vão andar nos pés de toda a gente nos próximos meses.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA