compras

Os colares com tons de verão que vão dar um toque especial aos seus outfits

São as mais recentes propostas da BESTIE. Têm missangas coloridas que vão fazê-lo recuar até aos anos 2000.
São peças giras para esta temporada.

A nostalgia voltou a invadir o mundo da moda. Neste caso, os artigos de missangas coloridas que tanto têm encantado nos últimos anos os fãs de bijuteria e as tendências do universo dos acessórios comprovam-no. Neste verão, vamos voltar a ver nos pescoços de adolescentes e adultos estas peças icónicas que fazem lembrar os anos 2000.

Apesar de agora terem recebido um certo up, consequência da adaptação da trend aos tempos modernos, estas peças perduram na memória daqueles que eram adolescentes há uma década. Afinal, quem não se lembra dos colares artesanais, cheios de missangas e feitos em casa?

A verdade é que este acessório vai voltar a ser um dos favoritos neste verão. Há, por isso, uma marca seixalense sempre atenta ao caminho que as tendências seguem. Por isso mesmo, na sua nova coleção para esta temporada não vão faltar propostas onde a cor e as missangas são as protagonistas.

A sugestão foi apresentada no dia 27 de julho a todos os seguidores do projeto online da BESTIE. Na publicação, as duas responsáveis pelo negócio seixalense, Raquel Fernandes e Filipa Jóia, partilham que são fãs das típicas cores de verão. Por isso mesmo, decidiram avançar com esta nova proposta que promete conquistar muitos corações.

Os protagonistas deste artigo.

Além das missangas, os colares são feitos numa base de correntes na tonalidade de dourado. Todos juntos criam um efeito muito descontraído e vão sobressair quando conjugados com um outfit mais clean, em tons de branco ou preto, por exemplo. Os preços variam entre os 10€ e os 12€. Pode fazer a encomenda destes acessórios através da página de Instagram do projeto.

O nascimento da BESTIE

O projeto seixalense criado pelas amigas Raquel Fernandes e Filipa Jóia nasceu em novembro de 2020. As atuais responsáveis pelo conceito conheceram-se porque trabalharam em conjunto numa loja. Nessa altura descobriram que partilhavam o gosto comum pela costura criativa. Além disso, sempre gostaram da ideia de poderem criar algo personalizado para cada pessoa.

Tanto Raquel como Filipa gostam de conjugar os looks diários com acessórios diferentes, que permitam uma maior personalização. Assim sendo, perceberam que ao criarem uma marca teria de ser com peças únicas e acessíveis.

“Quis arrancar com a parte da costura criativa e depois convidei a Filipa para se juntar a mim, porque queria introduzir a bijuteria”, contou à NiS Raquel quando conversou pela primeira vez com a New in Seixal. Desta forma, o projeto tem duas vertentes, ainda que o foco esteja na personalização dos produtos pedidos pelos clientes.

De seguida, conheça algumas peças de maior sucesso da mais recente coleção da BESTIE.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA