compras

O vestido hiper feminino e sensual que é um sucesso desde os anos 70

A proposta drapeada cria a ilusão de uma cintura mais fina. Está disponível em duas cores.
É lisonjeiro.

Os drapeados adaptam-se a qualquer estilo, do minimalista ao romântico. Foi o que provou a marca francesa Chloé na sua coleção de primavera-verão de 2024, com várias peças inspiradas nos anos 70. Com ombros descobertos, mangas abalonadas e silhuetas curtas, trouxe de volta um pormenor que é um sucesso há várias décadas.

A tendência foi popularizada pelos ícones da moda da época, como Bianca Jagger e Farrah Fawcett, por se moldarem ao corpo e criarem uma silhueta feminina. As mesmas vantagens estão presentes em peças como a da Pull&Bear, um modelo castanho que seria usado pelas mulheres da altura.

Está disponível em duas cores.

À semelhança do que vimos nas semanas da moda, o modelo comprido conta com um decote assimétrico. Os franzidos começam a surgir no decote e prolongam-se um pouco por toda a peça. Assim, não só criam a ilusão de uma cintura mais fina, como ajudam a acentuar algumas curvas.

O modelo tem um efeito coleante, porém, adapta-se a vários tipos de corpo sem causar qualquer desconforto. Tudo devido ao tecido ligeiramente elástico que o torna num dos modelos mais democráticos.

O vestido custa 22,99€ no site da Pull&Bear e está disponível em duas cores. Pode comprá-lo entre os tamanhos XS e L.

Carregue na galeria para conhecer uma seleção da NiT de vestidos de linho de várias marcas, estilos e preços.

 

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA