compras

O novo top da H&M está a levar as editoras de moda à loucura (custa menos de 15€)

A proposta da marca sueca tem um tecido feito 85 por cento de Tencel lyocell, popular pelas suas características sustentáveis.
É maravilhoso.

A primeira loja da H&M foi inaugurada há quase 60 anos em Estocolmo, na Suécia. Estávamos em 1952 quando abriu portas com o nome original da cadeia, Hennes, que significa “elas” em sueco. Cerca de 16 anos mais tarde, o fundador, Erling Persson, comprou as lojas de equipamento de caça e pesca Mauritz Widforss, sediadas também na capital sueca.

A partir desse momento, o nome passou para Hennes & Mauritz, que acabou por resultar na famosa abreviatura por que todos conhecemos a marca hoje: H&M.

Nessa altura, Persson estava longe de imaginar o sucesso que a marca teria hoje em dia. Pelo meio, além da roupa para mulher, passou a vender propostas para homem e criança. Mais tarde, vieram os produtos de beleza e, depois, a decoração.

Hoje, é famosíssima e tornou-se uma das maiores cadeias de fast fashion em toda a história da indústria da moda. Para o verão de 2021, a marca lançou um top tendência que está a levar as editoras de moda à loucura — e que mereceu destaque na revista espanhola “Elle“.

h&m

Falamos de um top feito de um tecido com 85 por cento de Tencel lyocell, um material que se tornou popular pelas suas características sustentáveis. A modelagem conta com pregas e secções franzidas com elástico forrado que criam uma textura peculiar. As alças atam nos ombros, enquanto o decote e a bainha têm folhos com volume.

Já o tecido conta com um padrão floral que é tendência esta estação. Custa 14,99€ e está à venda nas lojas físicas e online da H&M. A seguir, carregue na galeria para conhecer também algumas sandálias trendy para a estação com a vibe dos anos 90.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA