compras

Esta maquilhadora seixalense vai ajudar mulheres com cancro a sentirem-se mais bonitas

Chama-se Sara Portugal e está a preparar uma masterclass para aumentar a autoestima de todas as mulheres.
O rosto responsável pela iniciativa.

Sara Portugal cresceu no meio dos pós e dos pincéis de maquilhagem da mãe. Ainda mal sabia andar e já tinha sido apanhada umas quantas vezes a ir buscar o batom da progenitora para pintar os lábios. O tempo passou e Sara cresceu, mas a paixão pelo mundo da maquilhagem nunca mais desapareceu.

Depois do secundário, começou a ver todos os colegas a querer seguir para a universidade, mas o seu sonho era outro: tornar-se maquilhadora profissional. E assim aconteceu. Com um ou outro tropeção, hoje, aos 29 anos, a seixalense Sara Portugal faz aquilo que ama e este ano promete usar a maquilhagem para fazer a diferença na vida de outras pessoas.

É que, na verdade, a maquilhagem também mudou a sua vida. Depois de ter tirado o curso de profissional da área, Sara confrontou-se com um problema. Na altura, tinha um companheiro que não gostava que ela maquilhasse homens. E o pior é que estava envolvida num grande projeto, juntamente com o fotógrafo Edgar Rafael, sendo a maquilhadora dos cantores Anselmo Ralph e Nelson Freitas. Quando se apercebeu que estava a viver um relacionamento tóxico já era tarde demais. Sara tinha-se anulado e abdicado daquilo que mais gostava de fazer: maquilhar os outros.

No entanto, depois de ter ido para Madrid trabalhar numa área em que nada se relacionava com make up — brinquedos — esta maquilhadora seixalense decidiu dar um novo rumo à sua vida. Colocou um ponto de final naquilo que a estava fazer desistir dos seus sonhos e mais tarde veio a encontrar quem seria o principal incentivo para os alcançar: o seu atual companheiro. Porém, surgiu mais um contratempo: Sara engravidou e passou por uma gravidez de risco. Mas mesmo assim, sem se poder mexer, não desistiu.

No início de 2019, as coisas começaram realmente a andar para a frente e foi aí que Sara meteu na cabeça que era mesmo a maquilhagem que queria fazer para o resto da sua vida. Começou por trabalhar na Nyx, uma marca de maquilhagem internacional, e posteriormente foi parar a outra gigante da make up, a Kiko. 

Como dava muitos workshops na loja, as clientes começaram a conhecê-la e a solicitar os serviços desta seixalense fora do expediente. E tudo ficou ainda mais sério quando, de repente, Sara percebeu que teria que faltar ao trabalho para poder atender as suas clientes cá fora.

“Foi assim que no ano passado, em plena pandemia, fiz aquilo que nunca pensei que pudesse ser possível. Estava com muito trabalho a nível de maquilhagem freelancer e já se estava a sobrepor ao trabalho na Kiko. Nesse momento achei que não estava a ser viável e então rescindi com a marca com muita pena minha porque gostei bastante”, contou à NiS.

Isto aconteceu em plena pandemia, no ano passado. Sim, leu bem. Apesar de se pensar que o mundo estava praticamente parado, Sara Portugal veio mostrar o contrário.

“2021 foi o melhor ano. Uma das grandes razões prendeu-se com o facto de vários casamentos terem sido reagendados para o ano passado mas não foi maioritariamente isso. Muito honestamente, no ano passado, eu reparei que as pessoas passaram a preocupar-se um bocadinho mais em mimar-se. Depois de estarem tanto tempo a abdicar de coisas que as fazem sentir vivas: de passear, de poderem ir às compras, de privações, de se poderem tratar, ir aos centros de estética. As pessoas estavam tão cansadas disto que assim que tiveram eventos, não hesitaram em cuidar de si”.

E é sobre cuidar que também fala a história desta seixalense. Há poucos anos, a jovem maquilhadora teve de lidar com o facto de a mãe de uma pessoa que lhe era próxima ter falecido a lutar contra um cancro. Esta situação tocou-a particularmente já que acompanhou de perto a forma como aquela pessoa estava, a luta constante, o sofrimento, e foi aí que pensou em avançar com um pequeno projeto que pudesse trazer mais à vida destas pessoas. Guardou-o na gaveta até agora, mas prepara-se para finalmente o concretizar entre março e abril.

“Quero lançar a novidade agora em fevereiro e fazê-la já nos próximos meses. E não quero que seja lançada apenas no mês em que é celebrado o cancro da mama, porque isso para mim não faz sentido. Todos os dias são diagnosticados milhares de casos. Então, vou já começar agora, para que as mulheres possam pôr em prática já no início do ano, podendo aplicar os conhecimentos que vão aprender durante o resto do ano (e da vida)”, revelou Sara.

Em concreto, vai acontecer um workshop ou uma masterclass — ainda está por decidir — destinada a mulheres que tenham tido cancro ou estejam a passar pela doença. Essas terão, aliás, 30 por cento de desconto. O objetivo é que possam aprender a maquilhar-se e assim tenham a oportunidade de se sentir melhor com elas próprias.

“Este ano que passou maquilhei muitas senhoras que tiveram cancro e muitas delas ainda têm a autoestima em baixo. Aquilo que vi, quando lhes mostro o espelho, o resultado final foi o que me fez despoletar e tirar da gaveta este projeto. Essas mulheres não têm de estar à espera de irem a um casamento para se sentirem assim. Não tem de ser assim. Até porque se elas tiverem autoestima têm mais força e mais vontade para ir para os tratamentos. E é isso que eu quero trazer para estas mulheres: luz”, sublinha.

Embora ainda sem data nem local definido, sabemos que o plano de Sara está a ser desenhado para ter a duração de cerca de quatro horas. Todas as informações serão anunciadas, promete a maquilhadora seixalense, no próximo mês de fevereiro. Até lá, pode conhecer o trabalho desta apaixonada pelo universo da make up através da página do Instagram. No caso de querer marcar algum serviço pode fazê-lo enviando uma mensagem privada através das redes sociais ou ligando para o número 968 520 816.

Depois, o processo é muito simples. Sara envia um PDF com os termos e as condições dos seus serviços. Se for para avançar, a cliente deve informar a maquilhadora — que agora também faz serviços de hairstylist — a data, o horário em que tem de estar pronta e o sítio onde vai ser feito o serviço. Depois, se ambas derem luz verde tem de ser pago 50 por cento do valor e fica tudo agendado. 

Os preços estão sob consulta. Porém, o valor mais baixo é de 45€, que é a maquilhagem, acrescendo depois a deslocação. A pessoa pode fazer o que quiser e já vem com pestanas incluídas. As clientes depois só têm de decidir se querem ou não.

Normalmente peço sempre uma fotografia do que vão vestir assim como algumas inspirações de maquilhagem, porque existem muitas mulheres que nunca se maquilham e se levam uma maquilhagem muito arrojada não se vão sentir elas naquele dia. Peço também uma fotografia do rosto para tentar adequar a maquilhagem e dar os meus próprios conselhos, com a certeza de que, no fim, a cliente que tem a palavra final”, rematou Sara Portugal.

De seguida, carregue na galeria para conhecer alguns produtos essenciais que deve ter na sua rotina diária de skincare.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA