compras

Alerta saldos: estes negócios seixalenses estão com descontos imperdíveis

Existem várias lojas online do concelho que fizeram questão de reduzir os preços em dezenas de artigos. Saiba quais são.
Os descontos vão dos 10 aos 50 por cento.

Durante muitos anos, a cena repetiu-se. Os saldos ocorriam apenas no final de cada estação do ano em datas estipuladas por autoridades responsáveis. Porém, em 2007, começaram a surgir alterações na lei e finalmente em 2015 os saldos deixaram de ter dias específicos, passando a ser somente necessário os comerciantes comunicarem à ASAE a intenção de entrar em saldos.

Isto significa que há cerca de sete anos que os preços baixos passaram a invadir as lojas em território nacional de janeiro a dezembro. No entanto, a verdade é que há pelo menos uma altura do ano em que a tradição de se fazer descontos se mantém: logo a seguir ao Natal. Por norma, as lojas começam a etiquetar os produtos com preços inferiores perto do dia 28 de dezembro e por lá os mantém até finais de fevereiro.

Só que este ano, se estava nos seus planos aproveitar os descontos depois das épocas festivas de 2021, pode esquecer a ideia. Por causa da decisão tomada na reunião de Conselho de Ministros do dia 21 de dezembro, o Governo proibiu a redução de preços em espaços físicos de venda de retalho até dia 9 de janeiro. Ou seja, até este domingo, as lojas estão totalmente impedidas de fazer saldos a não ser que os pratiquem online.

Pois é — leu bem. Apesar da proibição do Governo que visa evitar os ajuntamentos nos espaços físicos, as marcas conseguiram arranjar uma alternativa e nem por isso abdicam de colocar os seus artigos a preços mais simpáticos. Por isso existem vários negócios que decidiram entrar em saldos apenas nas lojas online.

Vários desses casos são projetos seixalenses. Por isso, para facilitar a vida a todos os leitores que esperavam ir às compras neste período, a New in Seixal reuniu algumas lojas que reduziram os preços dos artigos. E é inevitável: a verdade é que a grande maioria se dedica à venda de roupa. E o melhor de tudo é que os descontos começam nos 10 por cento e podem ir até aos 50 por cento.

De seguida, carregue na galeria para ficar a par dos negócios seixalenses que aderiram aos saldos e que estão com descontos imperdíveis.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA