compras

A nova coleção de brincos d’A Maria Cereja é inspirada no tema da (in)fertilidade

Está a ser um sucesso entre os fãs deste projeto de acessórios seixalense. A mais recente edição é limitada ao stock existente.
São giríssimos.

Ficou prometido assim que o projeto d’A Maria Cereja foi lançado e continua a ser cumprido. Mês após mês a marca seixalense traz para o mercado dos acessórios peças únicas e que são capazes de trazer a debate temas que a responsável, Susana Cereja Almada, acredita que precisam de ter visibilidade. Neste caso, é a fertilidade e a infertilidade que surgem em destaque neste final do mês de maio.

Falamos-lhe de sete versões de brincos, todos em formato redondo e com desenhos da fisionomia de ovários. Como Susana explicou à New in Seixal, “esta coleção nasce para dar voz a um tema sensível, mas que deve ser falado para ganhar o seu espaço sem tabus, sem medos, sem vergonha e sem preconceito”. 

É exatamente por isso que as peças receberam o nome de “Yoni”. Segundo a fundadora deste negócio seixalense, esta palavra tem origem na língua sânscrita e significa “passagem divina”, “lugar de nascimento”, “fonte de vida”, “templo sagrado” e ainda o “órgão sexual feminino”.

Uma das propostas.

Os modelos estão disponíveis nas cores branco areia e vermelho e até na mistura das duas tonalidades. O que vai variando é também o espigão que entra na orelha, surgindo em dois formatos: um redondo e o outro a imitar folhas de uma flor, ambos em prata e ouro. Já sabe que por serem feitos à mão, nenhum destes brincos fica igual. Essa é, aliás, a magia de todas as peças d’A Maria Cereja.

Com cerca de 5,5 centímetros, as mais recentes novidades da marca seixalense são super leves. Vai sentir-se confortável e, claro, ainda mais bonita. Quanto aos preços, qualquer conjunto custa 22,50€, sendo que a esse valor acrescem os portes de correio registado. 

Recorde-se que quando a New in Seixal noticiou a abertura deste pequeno negócio, no mês de outubro, a marca tinha lançado uma coleção de brincos que celebravam o corpo feminino na sua plenitude: a “Marias”. Além disso, tinha lançado uma coleção de maminhas — “I Love My Boobs” —, onde estavam todas representadas: descaídas, grandes, pequenas, assimétricas e mastectomizadas.

Já em novembro, a NiS também revelou em que é que se baseava a edição de Natal d’A Maria Cereja: celebrar a beleza da mulher. Cerca de um mês depois, a conversa direcionou-se para uma coleção de Ano Novo em que temáticas relacionadas com o destino, a mudança e o amor próprio foram a inspiração para cada uma das peças.

No Carnaval, a marca seixalense apostou ainda numa coleção de brincos cheios de cor, mesmo a condizer com o momento festivo. Mais recentemente, em abril, o projeto assinalou o 25 de Abril com dois pares de brincos em formato de cravos e de pombas brancas.

Para encomendar as mais recentes propostas de brincos, entre na página do Instagram d’A Maria Cereja e envie uma mensagem privada para a seixalense Susana Cereja Almada. Se preferir pode ainda enviar um email para amariacereja.earrings@nullgmail.com.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA