compras

Maria Cereja tem uma nova coleção de acessórios para incentivar o amor-próprio

A marca seixalense lançou duas gamas de brincos com mensagens importantes para este final de ano e pingentes.
Os Amor-Próprio.

Todos os meses, A Maria Cereja lança novas peças temáticas ou genéricas, que pretendem chamar a atenção para alguns estereótipos da sociedade. A ideia é trazer falar de temas tabu e conceitos pré-definidos assim como empoderar sobretudo as mulheres. Neste mês de Natal, a marca seixalense criou novos acessórios desde brincos a pingentes, que vêm celebrar o amor-próprio, o destino e a mudança.

“Não poderia deixar de lançar uma coleção nova não só porque faz parte do objetivo que eu tracei para esta marca, mas também porque é um mês de partilha, de amor, um mês em que as famílias se reúnem e é uma altura em que as pessoas gostam de oferecer um miminho aos familiares e a si próprias. Portanto, faria todo o sentido lançar uma gama, uma coleção nova este mês”, começou por explicar à NiS Susana Cereja Almada, a responsável por este projeto do Seixal.

Recorde-se que em novembro a New in Seixal já tinha revelado em que é que se baseava a edição de Natal de A Maria Cereja: celebrar a beleza da mulher. Cerca de um mês depois, a conversa direciona-se agora para uma coleção de Ano Novo em que temáticas relacionadas com o destino, a mudança e o amor próprio são a inspiração para cada uma das peças.

“Está disponível uma coleção de Ano Novo, que são os Aviões de Papel. Basicamente, significam que podemos voar para onde nos sentirmos mais confortáveis e melhor. Tal como na infância onde sonhávamos voar para onde nos apetecesse, também agora continua a ser possível voar para onde nos sintamos bem. Lancei ainda os Fado, que são brincos que se relacionam com o destino. A ideia é mostrar que nós podemos realmente traçar e escolher o nosso próprio destino”, acrescentou em conversa com a NiS.

As propostas de A Maria Cereja estão longe de se ficar por aqui. As peças mais recentes dizem respeito a uns mini pendentes que são perfeitos para oferecer neste Natal. Susana Cereja Almada decidiu dar-lhes, inspirada por esta quadra festiva e por uma anterior coleção de brincos em formato de coração, o nome Amor-Próprio.

“Estamos a falar de pendentes mini, com cerca de um centímetro, um centímetro e meio de diâmetro, em forma de coração. Lancei alguns redondos também para quem não tiver adquirido os brincos Amor-Próprio e goste de um pendente. Esse pendente pode ser pendurado tanto num fio, numa pulseira, numa argola de orelha, pode ser anexado a um anel. Aqui há versatilidade”, esclareceu sobre a sua mais recente aposta Susana.

Quanto à receção de quem tem acompanhado o progresso de A Maria Cereja, há uma certeza: só pode ser boa. É que estes pingentes já andavam a ser pedidos há algum tempo pelas clientes deste negócio de acessórios seixalense que ansiavam por uma peça que complementasse a anterior coleção de brincos. 

Outra das razões que levou A Maria Cereja a avançar com esta linha prendeu-se com o facto de neste mês ter sido feito, na página do Instagram do projeto, um direto sobre amor-próprio. Além disso, Susana Cereja Almada quis trazer para o negócio uma opção mais acessível e amiga da carteira e que pudesse ser oferecida a um familiar, amigo ou até como presente com etiqueta seixalense para o amigo secreto.

Estes pingentes não incluem fio e têm uma argola em aço inoxidável, antialérgico, em tons de prateado ou dourado. Vai gostar ainda de saber que existe a possibilidade de pedir um pendente com a cor personalizável. Por exemplo, na tonalidade que mais gosta ou na cor dos brincos Amor-Próprio que já possa ter eventualmente comprado n’A Maria Cereja.

“Com estas recentes apostas espero, sobretudo, que as pessoas compreendam esta versatilidade que existe nos acessórios d’A Maria Cereja e a essência de podermos ser e estar como gostamos e como mais nos sintamos bem. É importante ainda que as pessoas saibam que podem oferecer algo a quem gostam que não só leve amor como sintam que a peça foi feita com muito amor.”

De seguida, carregue na galeria para ficar a conhecer as mais recentes peças de A Maria Cereja.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA