compras

A Maria Cereja criou uma coleção de brincos cheios de cor inspirados no Carnaval

As propostas são originais, únicas e prometem ser perfeitas para as mulheres divertidas e cheias de vida.
As estrelas da coleção.

Com o País praticamente a meio gás e com poucas perspetivas de festa, o Carnaval em Portugal — assim como já aconteceu no ano passado — não vai ser a época de festejos a que estávamos habituados. Muitas são as cidades que preferem não arriscar, por isso, o Carnaval de 2022 já está a ser marcado pelo facto de muitos desfiles e eventos terem sido cancelados.

Porém, desengane-se quem ache que isso é sinónimo de que vai ter de ficar em casa Carnaval. De uma forma diferente, no Seixal há vários restaurantes que estão a colocar na sua programação alguns jantares temáticos para esta terça-feira de Carnaval, dia 1 de março. Da mesma forma, também surgem marcas do comércio local seixalense preocupadas em assinalar esta época carnavalesca.

A Maria Cereja, marca de acessórios conhecida entre os seixalenses por lançar novidades todos os meses, voltou a dar um refresh à sua oferta, agora com uma coleção totalmente inspirada no Carnaval. Na prática, falamos-lhe de três pares de brincos feitos em argila de polímero, um material de moldagem macio e maleável, não tóxico, e composto por partículas de PVC. 

Como não é algo comum, a primeira vez que pensar sobre como serão propostas de brincos inspiradas numa das épocas mais divertidas (e animadas) do ano, o mais provável é que vá achar que cor, forma e comprimento não lhes falta. É como se numa única peça ficasse concentrada toda a energia do Carnaval como tipicamente o conhecemos. E a verdade é que, tendo em consideração a nova coleção d’A Maria Cereja, não está muito longe da realidade.

Cada uma destas peças é pensada, desenhada e moldada totalmente nas mãos de Susana, que depois entrega ao forno o trabalho menos técnico: a cozedura. Dali resultam artigos únicos e, no caso destes pares de brincos, até singulares.

A coleção “Rio” é, como nos explicou Susana Cereja Almada, feita a pensar em alegria, entrega e libertação. “Porque no carnaval ninguém leva a mal, vamos aproveitar e libertar-nos”, disse em tom de brincadeira à New in Seixal. Ao que parece, todas as clientes ou como a responsável por este projeto seixalense tem por hábito apelidar, as suas Marias Cereja, estão a adorar esta nova aposta. Faz-lhes ainda mais “mulheres divertidas e cheias de vida”, acrescentou.

Sobre aquilo que levou Susana a decidir avançar com uma coleção inspirada no Carnaval, a mesma fez questão de esclarecer que tudo teve “a ver com o facto de também n’a Maria Cereja se falar de coisas felizes e alegres e não só temas sérios”. Se se recorda, quando a NiS noticiou a abertura deste pequeno negócio, o conceito principal em torno desta marca seixalense prendia-se com o facto de ser possível, através de acessórios, passar mensagens sobre conceitos pré-definidos na sociedade e temas tabus.

No entanto, com estes três pares de brincos a juntar-se à oferta d’A Maria Cereja, ficamos também convencidos de que, afinal, a marca faz questão de que todos possam “apreciar a vida”. Assim, ” nada melhor do que lançar a coleção genérica com cores alegres e divertidas para celebrarmos o Carnaval”, apontou ainda em conversa com a New in Seixal, Susana Cereja.

Quanto à inspiração, basta olhar para perceber, possivelmente de imediato, que a fundadora d’A Maria Cereja foi buscar inspiração ao Carnaval do Rio de Janeiro, um dos mais emblemáticos do mundo. São cheios “de cor, calor e alegria, sempre ‘despidos’ de preconceitos”, explicou Susana.

Quem é A Maria Cereja?

Todos os meses, A Maria Cereja lança novas peças temáticas ou genéricas, que pretendem chamar a atenção para alguns estereótipos da sociedade. A ideia passa por falar de temas tabu e conceitos pré-definidos assim como empoderar sobretudo as mulheres. 

Recorde-se que quando a New in Seixal noticiou a abertura deste pequeno negócio, no mês de outubro, a marca tinha lançado uma coleção de brincos que celebravam o corpo feminino na sua plenitude: a “Marias”. Além disso, tinha lançado uma coleção de ‘maminhas’ — “I Love My Boobs” —, onde estavam todas representadas: descaídas, grandes, pequenas, assimétricas, mastectomizadas.

Já em novembro, a NiS também revelou em que é que se baseava a edição de Natal de A Maria Cereja: celebrar a beleza da mulher. Cerca de um mês depois, a conversa direcionou-se para uma coleção de Ano Novo em que temáticas relacionadas com o destino, a mudança e o amor próprio foram a inspiração para cada uma das peças.

É na página do Instagram d’A Maria Cereja que pode conhecer (e encomendar) todos os modelos já disponíveis. Lá, também vai poder assistir a lives e partilhas de informação exatamente sobre todas estas problemáticas que são colocadas na ordem do dia por esta marca seixalense. Se quiser saber mais informações e acompanhar as novidades da marca pode ainda enviar um email para amariacereja.earrings@nullgmail.com.

Com preços entre os 9,50€ e os 12€, aproveite para conhecer os modelos de brincos desta nova coleção “Rio”. Para isso, basta carregar na galeria.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA