compras

A Maria Cereja celebra o 25 de abril com uma nova coleção chamada “Liberdade”

As mais recentes apostas da marca seixalense correspondem a pares de brincos em formato de cravos e de pombas brancas.
Qual o seu par favorito?

Já está disponível uma nova coleção d’A Maria Cereja. A marca seixalense criada por Susana Cereja volta a reforçar a sua oferta este mês. Desta vez, o foco está em abril e em todos os significados e valores que traz consigo, nomeadamente, a liberdade.

O dia 25 de Abril é para muitos — se não todos — os portugueses uma data importantíssima e que deve ser celebrada em peso. Muitas autarquias, como a do Seixal, preparam uma programação vasta e que incide sobre uma série de setores da sociedade, sobretudo em atividades ligadas ao desporto e à cultura. Além desse tipo de iniciativas também existem marcas que pretendem assinalar a data de uma forma especial.

“Estas peças nasceram da necessidade de celebrar um dia tão importante para Portugal. Sendo A Maria Cereja uma marca 100 por cento portuguesa tinha de celebrar um dia tão importante quanto este. Porém, também nasceu da necessidade de, mais uma vez, trazer à mente das pessoas o significado de aceitação, respeito e liberdade”, começa por explicar a empresária seixalense à NiS.

Com isto, a responsável e fundadora pel’A Maria Cereja traz ao de cima mais uma das temáticas que merecem ser trazidas a debate. Segundo o que transmite à New in Seixal, “ser livre é também respeitar a liberdade dos outros e, por isso, as escolhas de cada um também devem ser respeitadas, sempre que não invadam o espaço de cada um”. 

Com estes dois lados e sentidos de liberdade que, no fundo, se complementam, o projeto apresenta a coleção que recebe exatamente o mesmo nome: “Liberdade”. Tal como as coleções anteriores, as Marias Cerejas — a alcunha carinhosa que Susana dá às suas clientes — têm-se identificado com o significado desta nova aposta. Da mesma forma, apontam, de acordo com aquilo que Susana nos contou, a delicadeza das peças como um dos grandes destaques.

Falamos-lhe, em concreto, de dois pares de brincos inspirados na temática da liberdade. Um deles é o cravo vermelho, que, como sabemos, se tornou num dos grandes símbolos da Revolução de Abril. “Significa força, amor, paixão e vitória de grandes lutas”, esclarece a responsável pel’A Maria Cereja.

O segundo par de brincos é a representação do animal associado à paz, à harmonia, à esperança, simplicidade e pureza. Possivelmente, já lhe veio à memória. Sim, estamos a falar da pomba branca. Ambas os elementos retratam igualmente a essência daquilo que A Maria Cereja é e vão ao encontro do movimento #souumamariacereja.

Estes acessórios, apesar de serem feitos como brincos, podem ser adaptados para colares, travessões ou até mesmo pregadeiras. Cada peça pode ter vários tamanhos e ser personalizada de acordo com o gosto dos clientes. Em termos de preços, o par Cravo com Pomba custa 9,50€. O par Pombas Brancas é o mais barato: tem o preço de 8,50€. Já o menos económico é o Par Cravos: custa 10€. A estes valores acresce ainda o preço dos portes de envio.

Quem é A Maria Cereja?

Todos os meses, A Maria Cereja lança novas peças temáticas ou genéricas, que pretendem chamar a atenção para alguns estereótipos da sociedade. A ideia passa por falar de temas tabu e conceitos pré-definidos assim como empoderar sobretudo as mulheres. 

Recorde-se que quando a New in Seixal noticiou a abertura deste pequeno negócio, no mês de outubro, a marca tinha lançado uma coleção de brincos que celebravam o corpo feminino na sua plenitude: a “Marias”. Além disso, tinha lançado uma coleção de ‘maminhas’ — “I Love My Boobs” —, onde estavam todas representadas: descaídas, grandes, pequenas, assimétricas, mastectomizadas.

Já em novembro, a NiS também revelou em que é que se baseava a edição de Natal de A Maria Cereja: celebrar a beleza da mulher. Cerca de um mês depois, a conversa direcionou-se para uma coleção de Ano Novo em que temáticas relacionadas com o destino, a mudança e o amor próprio foram a inspiração para cada uma das peças. No Carnaval, a marca seixalense apostou ainda numa coleção de brincos cheios de cor, mesmo a condizer com o momento festivo.

É na página do Instagram d’A Maria Cereja que pode conhecer (e encomendar) todos os modelos já disponíveis. Lá, também vai poder assistir a lives e partilhas de informação exatamente sobre todas estas problemáticas que são colocadas na ordem do dia por esta marca seixalense. Se quiser saber mais informações e acompanhar as novidades da marca pode ainda enviar um email para amariacereja.earrings@nullgmail.com.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA