comida

O novo brunch da cidade tem produtos vegan e é pet friendly

A New in Seixal foi conhecer o Mimo e garantimos que é o spot ideal para os fãs de pequenos-almoços tardios e não só.
Vai ter de experimentar.

Catarina Nascimento Campos sempre viu com um olhar especial as receitas tradicionais da avó e a arte de negócio do avô, duas das grandes referências da sua vida. Sempre que afirmava que queria abrir um espaço próprio, o avô dizia-lhe para apostar em tudo, menos num restaurante. Graças ao seu espírito empreendedor, Catarina encontrou um espaço, criou um conceito de brunch, fez obras e abriu finalmente o spot, tudo por debaixo do nariz dos avós.

“A expressão que o meu avô fez quando soube e viu o espaço do Mimo vai ficar para sempre na minha memória. Foi uma conquista pessoal muito grande e, obviamente, uma forma de homenagear os meus avós. Tudo o que está aqui é dedicado a eles. Basta olharem para a decoração, por exemplo, os azulejos eram da cozinha da minha avó”, conta Catarina à New in Seixal.

A jovem de 24 anos alugou a loja, em julho de 2023, começou as obras a 16 de agosto e terminou a decoração do espaço, a 29 de setembro. O novo brunch do concelho abriu no dia 4 de novembro do ano passado e, segundo a proprietária, tem sido um “enorme sucesso”.

O Mimo é um espaço confortável, tem muita luz e a decoração é clean. Pode esperar encontrar uma conjugação de branco e verde água, sendo que o chão é feito com o padrão de azulejos de uma cozinha típica alentejana. As cadeiras são brancas e as mesas são de madeira com a proteção de um vidro temperado por cima sendo que, em algumas partes do espaço, há um banco corrido que faz de sofá. As paredes também estão decoradas com quadros, frases e chapéus de palha, sendo a atração principal uma figura de um burro vestido como uma pessoa, um símbolo que remete para os bisavós de Catarina.

“Queria trazer os brunches, que já temos em Lisboa, para o Seixal. Considero que a oferta existente no concelho está um pouco abaixo das expectativas. A ideia é trazer um brunch de comida portuguesa e deixar um pouco de lado o conceito praticado nos países do norte da Europa. Servir um petisco ao pequeno-almoço, comida e bolos caseiros, fazer o simples, mas bem feito”, explica.

As especialidades são as panquecas e os croissants e a vertente inclusiva. “Uma semana depois da abertura, senti que deveria oferecer opções vegan, sem glúten e sem lactose. As pessoas ficam muito surpreendidas quando digo que toda a nossa gama tem esta opção de restrições alimentares, porque assim todos podem usufruir do mesmo e ter a mesma experiência”, acrescenta.

Se tiver restrições alimentares, faça uma reserva ou avise o espaço antes de ir, pois esses produtos podem não estar disponíveis. A confeção destes alimentos tem de ser controlada, já que o Mimo é contra o desperdício alimentar, daí que as porções sejam limitadas.

O menu Brunch, totalmente caseiro, custa 13,90€ e inclui um iogurte com fruta e granola, uma panqueca com topping, um croissant ou pão alentejano com topping, ovos mexidos com bacon e um sumo ou batido à escolha. No caso de lhe apetecer um café, o valor é de 60 cêntimos. Como muitos clientes trazem miúdos, Catarina decidiu fazer um brunch para os mais pequenos, por 9€. Aqui é servido um iogurte com fruta e granola, mini panquecas com Nutella, mini croissant com topping e um sumo natural de laranja.

“Não há ecrãs, temos desafios e muitas coisas para os miúdos colorirem. O objetivo é conectar as pessoas e não deixar ninguém de parte, este é um dos motivos por também sermos pet friendly, queremos que venha toda a família”, diz.

Além do pequeno-almoço tardio, pode encontrar uma grande variedade de petiscos caseiros que pode pedir à parte, como as fatias de bolo (1,80€/2,60€), os ovos cremosos (5,50€), as tigelas (4,90€/6€), as tostas (4€/5,95€) e as bebidas quentes como o caramelo macchiato (2,80€). É claro que pode pedir as panquecas, os croissants e as granolas à parte, sendo que os toppings são compostos por fiambre, queijo, doce, Nutella, chocolate e doce de ovos com amêndoas.

Caso procure um refeição mais pesada, saiba que também vai encontrar o Mimo burguer (12,90€), a poke bowl de salmão (11€) ou o bagel do mar (7,90€). Existe muita variedade, desde o mais doce ao mais salgado.

A proprietária.

“Não queria estar por detrás deste projeto, tenho outro trabalho e uma vida completamente à parte desta, aqui faço a gestão e todo o conceito. Sempre quis esta loja e um negócio nesta área. Desde os 18 anos, que andava a pedir ao meu avô para me ajudar a concretizar este projeto, ele disse para abrir tudo menos algo no ramo restauração, dizia que eu era maluca”, confessa.

Entretanto, Catarina fez a licenciatura em Gestão na Universidade de Lisboa, que concluiu em 2020. A seguir, veio a pandemia de Covid-19 e o plano de abrir um negócio ficou em stand-by. Apesar das dificuldades, a jovem não ficou parada e tirou um mestrado em Marketing Estratégico na Universidade Católica.

Começou a trabalhar como consultora na Deloit e, agora, é consultora tecnológica na Altice a tempo inteiro. “Sempre quis ter um espaço, para mim só fazia sentido ser no Seixal. Toda a minha família tem negócios próprios, para mim, o normal não é trabalhar por conta de outrem. O Mimo é como um bebé para mim. Não consigo explicar a alegria que sinto quando o espaço está cheio” remata.

Carregue na galeria para conhecer melhor o Mimo Bruch & Lunch.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Alameda dos Bombeiros Voluntários 12B
    2840-395 Seixal
  • HORÁRIO
  • De quinta a segunda-feira das 8h às 18h
  • Domingo das 9h às 13h
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Brunch

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA