comida

O Gonzagalez tem um novo menu de degustação para os amantes de carne

Este espaço abriu em 2020, em plena pandemia, e tem sido um caso de sucesso no Seixal.
Está no ponto.

Este feriado, 3 de junho, foi o dia em que muitos portugueses aproveitaram para passar o fim de semana fora ou pelo menos passear perto de casa. A New in Seixal não foi exceção e, após um dia soalheiro, e com algum vento no Seixal, chegou a hora de jantar.

O relógio marca as 20 horas e no Núcleo Urbano Antigo do Seixal há muitas opções para experimentar culinárias diferentes. A escolha recaiu no melhor restaurante de comida portuguesa, pelo menos para os leitores da revista. 

Quem nos recebe é a equipa do Gonzagelez, onde estão incluídos o chef Nuno Costa e a mulher, Selma Sofio. A esplanada do espaço tem algumas mesas preparadas. Ainda assim, o vento está mais forte, por isso, optamos pelo espaço interior, que tem quatro mesas devidamente distanciadas — e que prometem uma experiência verdadeiramente deliciosa e acolhedora.

Nuno conta-nos um pouco sobre a história deste espaço, que foi inaugurado em maio do ano passado. Com um longo percurso em cursos de cozinha e bebidas, Nuno apaixonou-se pelo corte e preparação da carne e como não havia nenhum espaço dedicado a este universo no Seixal, a sua terra, decidiu avançar com um negócio.

Em janeiro, tiveram que fechar, como muitos outros espaços, por causa do confinamento. Reabriram em fevereiro com uma nova carta para entregas. Agora, e após a celebração do primeiro aniversário a 18 de maio, lançaram mais novidades e um menu de degustação especial.

Uma experiência gastronómica 

A dupla começa por explicar que vão existir vários momentos neste jantar, divididos e harmonizados por bebidas. Num restaurante onde a carne é a estrela, a entrada não vem deste universo, mas sim de um bem próximo. “Críamos este menu de degustação para que os clientes consigam experimentar um bocado de tudo e continuar a atrair novos clientes”, explica o chef.

Para começar a degustação, chega um prato com dois pisos. No nível de baixo, vêm as batatas fritas para petiscar e acompanhar o mexilhão belga (12€), que traz um molho especial a acompanhar. Recorde-se que o Seixal é uma terra com forte ligação ao mar. 

O mexilhão.

“Para desfrutarem desta entrada, trago também dois gins portugueses, que é uma das minhas especialidades”, conta-nos Nuno. Especialista nesta área desde 2017, tenta sempre encontrar o equilíbrio da bebida com a comida. Neste caso, serve um gin tónico com o mexilhão melga.

De seguida, chega a parte da degustação das carnes, que são a especialidade desta casa seixalense. O prato custa 15€ . Em primeiro lugar, vem um tabuleiro com a carne tataki de black angus, tomate cherry como acompanhamento, além de três temperos diferentes. “Colocamos três tipos de temperos com sal para que os clientes possam experimentar”, explica Selma, a outra responsável. 

Pode experimentar a carne com flor de sal do Algarve, flor de sal com vinho do Porto ou ainda uma versão com especiarias da casa. Os responsáveis recomendam também colocar a flor de sal no lado da carne, para que o sabor fique mais apurado. A carne vem ao ponto da cozinha, mas se preferir pode pedir para vir mais passada ou até dividir com partes bem passadas e outras mal — é só escolher.

A segunda etapa da refeição (e já após o menu de degustação) surge com a carne vazia de wagyu, que é uma das carnes mais caras do mundo, onde a vaca recebe massagens e ouve música para a carne ficar mais saborosa, trazendo as mesmas flores de sal que a carne Angus. Para acompanhar, o chef recomenda um copo de vinho de tinto de Busto Douro Reserva, que é um dos melhores vinhos portugueses e faz um belo contraste com a carne. 

A refeição termina com duas sobremesas que já fazem parte da carta há alguns meses. Pode pedir um bolo de bolacha, por 3,50€, ou optar pelo Petit Gateaux Chocolate e gelado de framboesa. 

São quase 22h30 e o restaurante vai ter que fechar, por causa das regras do confinamento. Com o verão a chegar, a aposta vai continuar a ser nas carnes e também nas bebidas frescas e há até a possibilidade de organizarem eventos musicais neste espaço, se a pandemia o permitir, claro.

Carregue na galeria para ficar a conhecer o espaço e alguns dos pratos.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Praça Luis de Camões n2 2 A, 2840-488 Seixal
    2840-488 Seixal
  • HORÁRIO
  • Todos os dias das 12h às 21h30m
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Portuguesa

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA