comida

Novo menu do Ophelia Bar transforma emoções em cocktails de autor

Sensualidade, audácia, vergonha e confusão são algumas das emoções que dão nome e inspiração às novas bebidas.
Um conceito bastante fora do comum.

Os cocktails são uma das bebidas mais famosas em todo o mundo. Com ou sem álcool, de autor ou não, existem centenas de opções que muitos escolhem quando vão beber um copo ao fim de semana. No Seixal há um spot que se distingue neste campo: o Ophelia Cocktail Bar que, cinco meses depois da sua abertura, apresentou um menu com base na inteligência emocional.

Mal inaugurou, este espaço de animação noturna já se destacava por ser um bar especializado em cocktails de autor. Entre eles, o Tommy Chong (8€) chamou desde logo a atenção dos clientes, sobretudo por trazer o rum de CBD. A bebida corresponde exatamente a um daiquiri que, uma vez infusionada com rum e cânhamo, evidencia um sabor mais amargo e equivalente ao da canábis.

No início, a proposta alcoólica surpreendia de imediato os clientes e, mesmo agora, continua a fazê-lo. No entanto, desde o dia 15 de julho que este spot da Margem Sul inovou a sua oferta, com um menu absolutamente fora do tradicional. De uma forma resumida, os dois jovens responsáveis pelo bar, Miguel Transmontano e Renato Almeida, ambos com 25 anos, foram mais longe e decidiram apostar num conceito arrojado.

A ideia surgiu de uma conversa com uma amiga em comum e que, de certa forma, está ligada ao universo da inteligência emocional. Nessa altura deu-se o clique e os dois sócios pensaram que poderiam inspirar-se nesta temática para criar novos cocktails e, dessa forma, retratar os sentimentos que invadem diariamente qualquer ser humano. Uma tarefa difícil, mas, segundo o feedback dos clientes do Ophelia, bem sucedida.

“Normalmente, é sempre assim uma reação de surpresa e de alegria ao mesmo tempo. As raparigas manifestam-se mais, enquanto que os rapazes têm uma postura mais neutra”, começa por contar à NiS Renato Almeida. “No exato ponto que referimos as palavras ‘inteligência emocional’ as pessoas ficam admiradas”, acrescenta ainda Miguel Transmontano.

Cumprindo um dos objetivos a que se comprometeram, que correspondia à necessidade de verem nascer no Ophelia um conceito mais profundo, Miguel e Renato iniciaram todo o processo. Em pouco tempo, começaram a surgir as primeiras ideias. Era necessário ser feito um paralelismo entre as emoções e os sabores e o visual escolhido para o cocktail. Tudo tinha, efetivamente, de ser conciliado.

A premissa, segundo nos esclarece Miguel, passa por “sentimentos mais dark resultam em bebidas com sabores mais pesados e bebidas mais curtas, geralmente com mais álcool. É o caso do Solidão e do Vergonha. Sentimentos mais alegres dão bebidas mais vibrantes e sentimentos neutros dão bebidas mais leves, que é o caso do Empatia e o Sensualidade, que é mais flowly.”

Quanto à seleção das emoções, foi realizada com base numa roda de emoções, a partir do qual foram escolhidos dois sentimentos de cada categoria. Neste caso, da felicidade, da tristeza, do empoderamento e do amedrontamento. Desse processo, resultaram dez propostas de cocktails: o Sensualidade (7€), o Liberdade (8,50€), o Audácia (8€), o Confiança (7€), o Solidão (8€), o Vergonha (7€), o Cético (8€), o Abertura (7,50€), o Empatia (13,50€) e o Confusão (7€).

Renato e Miguel destacam, entre eles, o Confusão, como a bebida ex-libris deste menu. Trata-se de um cocktail curto e a fugir ligeiramente para o doce. Contudo, nada mais se sabe sobre ele — e só por isso já chama à atenção. Quando é feita a apresentação do menu, os ingredientes do Confusão nunca são revelados, assim como se sabe que alguns podem mudar para que não haja ninguém com a possibilidade de acertar.

“É um cocktail que provamos e que se tem a sensação de já se ter provado. Os sabores são, de facto, familiares. Só que como a bebida é completamente transparente, fica tudo camuflado. É clarificada”, partilha em conversa com a NiS Miguel Transmontano. 

Outro detalhe original do menu é que todos os clientes podem escolher aquilo que vão beber de acordo com o que estão a sentir no momento ou, por outro lado, tendo em conta o que gostavam de estar a sentir. “Este é um menu mais brincalhão e interativo nesse aspeto”, afirma ainda Miguel.

Já está a caminho um novo menu

Como, para os dois jovens, não há tempo a perder, já no dia 31 de outubro chega um novo menu ao Ophelia. Ainda pouco pode ser revelado sobre ele, mas a NiS sabe que já tem vindo a ser trabalhado ao longo de quase três meses. “Assim que terminámos este da inteligência emocional, começamos logo a investir neste”, conta-nos Miguel e Renato.

Antes disso, carregue na galeria para conhecer o conceito original e intimista do espaço do Ophelia Cocktail Bar.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Vítor Santos, 7b, Santa Marta do Pinhal
    2855-604 Seixal
  • HORÁRIO
  • Todos os dias, das 19 às 3 horas
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA