comida

Já abriu a primeira loja Grab&Go no Seixal — um café só custa 50 cêntimos

A inauguração foi no dia 9 de julho. Pode comprar snacks, comidas, bebidas e outros produtos menos habituais em qualquer altura.
O novo espaço do Seixal.

É um facto: a cada dia que passa começa a ser mais difícil encontrar um canto em Portugal onde não se encontre uma loja da marca portuguesa Grab&Go. E, sobretudo para quem gosta de ficar acordado até mais tarde.

Abertos 24 horas, todos os dias do ano, estes pontos de venda chegam a ter disponíveis mais de 400 produtos, divididos entre snacks, comidas quentes, bebidas frias e outras propostas menos convencionais. Basta escolher, pagar e, no final, consumir.

Desta vez, o Seixal também acolheu um espaço Grab&Go. O mérito é de Diogo Soares, um empresário de 31 anos que já tinha aberto em 2016 uma das lojas do negócio de franchising na cidade do Montijo, no distrito de Setúbal. Um ano depois, aproximou-se do Seixal e avançou com a abertura de outro espaço na freguesia de Amora. Contudo, o seu objetivo seguinte só foi concretizado no passado sábado, dia 9 de julho: chegar, finalmente, à cidade do Seixal.

“O Seixal é realmente uma zona de que gosto muito e que me interessa muito, inclusive é onde eu moro. E sei que é uma zona que fará sentido, porque principalmente à noite tem pouca oferta. Analisei bem e percebi que o Seixal tinha tudo para ser uma boa aposta”, começa por explicar em conversa com a NiS o responsável deste pequeno canto da Grab&Go nesta região.

É um espaço pequeno, mas com tudo o que precisa.

Depois de a situação pandémica acalmar, o seixalense decidiu então que esta era a hora certa para avançar — e assim aconteceu. Desde o início de julho que os seixalenses vão poder aceder à distância de meia dúzia de cliques e poucos segundos a vários produtos, não apenas de alimentação mas também de outras áreas.

“Tenho à venda de tudo um pouco, desde a máquina do café a outra máquina que é de comidas quentes, como gofres, paninis, hambúrgueres. E depois tenho outras duas de multiprodutos e aí sim pode variar muito. Temos os produtos mais tradicionais, como as bebidas, as batatas, as bolachas. No meio disto, ainda temos outros produtos menos convencionais, como preservativos, testes de gravidez e por aí fora”, esclarece à NiS.

Apesar de ser uma abertura recente, o responsável pela nova loja da Grab&Go garante que até agora conseguiu contabilizar um bom número de reações positivas. Sobretudo no que diz respeito à qualidade e, claro, ao preço do café.

“Ali na redondeza penso que não se encontra café abaixo dos 0,75€ e no nosso espaço está à venda por 0,50€. E estamos a falar de um café de e com qualidade”, refere Diogo Soares.

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA