comida

Gabbystro: o projeto seixalense que cria momentos de partilha em torno da comida

Há boxes e tábuas de frios perfeitas para qualquer evento, do mais simples ao mais formal. Fique a par de tudo.
Um conceito absolutamente fora da caixa.

Se dúvidas existirem de que muitos dos melhores momentos da vida são experienciados entre um ou outro petisco, o Gabbystro chega precisamente para eliminar qualquer tipo de questionamento. O projeto, pensado por Gabriela d’Almeida, de 35 anos, está prestes — em janeiro de 2023 — a celebrar oficialmente o seu primeiro ano.

O negócio é fruto, precisamente, de uma transformação de um percurso pessoal. “Iniciei a minha carreira profissional como arquiteta e cheguei a um ponto em que era muito infeliz no que fazia. Foi aí, ao ponderar onde achava que estava a minha felicidade, que percebi que estava relacionada com os momentos gastronómicos, em família”, começou por explicar à NiS Gabriela d’Almeida.

Foi então que num open day na Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, a seixalense responsável pelo Gabbystro encontrou a direção para a qual faz, até hoje, sentido seguir: o da Gestão de Restauração e Bebidas. Voltou a estudar, terminou o curso, ingressou na área da restauração e por lá permaneceu de 2015 a 2018. Durante esse período, Gabriela foi gerente de espaços de restauração, fez controlo de custos, desempenhou funções de assistente de gestão de eventos e ainda deu aulas.

Assim que começou a lecionar, nomeadamente na área de Serviço de Restaurante, Gabriela percebeu que o “bichinho” pela gastronomia não tinha desaparecido. Acabou, por isso, por fazer uma certificação internacional na área dos vinhos e em plena pandemia criou um modelo de convívio online chamado Happy Hour. Consistia numa espécie de encontro online em que durante uma hora era aconselhado um petisco e um vinho que facilmente fosse encontrado no supermercado.

“Às vezes tinha também convidados, chefs, colegas da área dos vinhos. Correu muito bem. Ainda fiz seis sessões online. As pessoas gostavam muito e chegámos a estar quatro horas online e isso deixou-me muito infeliz. Percebi que o caminho era por ali. Cheguei depois a uma outra parte da minha carreira, estava a dar aulas e encantada por este processo, e decidi que era o momento de criar o meu próprio projeto”, partilha ainda a seixalense.

Guardado na gaveta há demasiados anos, o Gabbystro saiu finalmente cá para fora e ganhou o conceito que Gabriela d’Almeida tinha em mente. A ideia é criar momentos de partilha em torno da comida, com dois formatos em destaque: as boxes e as tábuas de frio.

“Apesar dessas duas vertentes, estou disponível para fazer qualquer serviço à volta de comidas e vinhos que reúnam pessoas que queiram estar conectadas através da comida. Numa filosofia que se enquadra, o Gabbystro tem mesmo a ver com as mesas de partilha, as boas conversas. Enfim, é precisamente isso, tendo como pano de fundo os petiscos”.

As boxes e as tábuas de frios

Os clientes da Gabbystro dividem-se neste momento em dois segmentos, que demonstram preferência por uma oferta diferente entre si. Por exemplo, os clientes corporativos estão mais orientados para o catering e, por isso, solicitam mais as tábuas de frios. Já os clientes finais, onde se pode identificar qualquer pessoa individual e não relacionada com empresa, preferem encomendar as boxes de frios.

Quer as tábuas como as boxes são compostas por artigos de seis famílias: as crackers, produzidas por Gabriela; os queijos; as charcutarias; os complementos, isto é, as compotas e os patés, também de produção artesanal; as frutas e ainda os snacks, que podem ser frutos secos, azeitonas ou pickles. Quanto aos preços, as tábuas são sempre sob orçamento, uma vez que os valores variam de acordo com o número de pessoas, se é entrada ou prato principal, entre outros detalhes.

Já as boxes (a maioria, 33,80€), estão disponíveis no tamanho médio e servem refeições para duas pessoas ou então para quatro, no caso de funcionarem como petiscos. Podem ser extremamente úteis para um date night, um piquenique na praia ou até mesmo como um pequeno mimo numa ida a almoçar ou jantar a casa de amigos ou familiares. Há sempre a possibilidade de através de menus divulgados nas plataformas digitais, os interessados escolherem os produtos que pretendem dentro da própria box.

Além desta box standard, que tem diversas variações consoante o gosto dos clientes, foram lançadas em agosto e em outubro duas boxes temáticas: uma com sabores italianos e outra com sabores baseados nas viagens de Gabriela d’Almeida a Espanha. Estiveram ainda disponíveis, e assim pode esperar que aconteça daqui para a frente, boxes alusivas ao Dia dos Namorados, de apoio à Ucrânia, do Dia da Mãe, da Páscoa e do Dia do Pai.

Esta sexta-feira, 18 de novembro, o Gabbystro abriu oficialmente a agenda de Natal, com um menu repleto de sugestões típicas desta quadra que se avizinha. A proposta trata-se, no fundo, de um prato redondo em folha de palmeira, descartável, que funcionará como tábua de frios. Qualquer pessoa poderá encomendar a sugestão para abrilhantar a sua mesa nesta época do ano. As encomendas para o dia 24 (não serão feitas a 25) têm de ser pedidas até ao dia 19 de dezembro.

Tábua Estrela, menu de Natal.

Ainda sobre esta opção natalícia, a oferta estende-se ainda à possibilidade de se poder encomendar bolo rainha e coroa de canela e framboesa, ambos produzidos pelo Gabbystro. Vem ainda a complementar uma carta de vinhos. 

A Gabbystro no futuro

Ideias para serem desenvolvidas neste negócio seixalense, de facto, não faltam. Por exemplo, as degustações orientadas. Na prática, tratam-se de degustações orientadas de queijos e da sua combinação com determinados vinhos. O objetivo passa por levar as pessoas a explorar as suas próprias sensações, uma vez que cada palato e gosto difere de pessoa para pessoa.

Além disso, estão previstos alguns jogos em que se exploram os sentidos e que colocam em evidência o gosto por determinados vinhos. Note ainda que possivelmente, na celebração do primeiro ano do projeto, acontecerá o primeiro supper club do concelho do Seixal. Se não sabe do que se trata, esclarecemos já: basicamente, será uma noite de sabores, que decorrerá na casa de Gabriela d’Almeida, onde as pessoas podem experimentar novos sabores, sempre acompanhados de uma boa conversa.

No que toca aos produtos em si, nomeadamente às boxes, estão previstas novas combinações e conceitos. Por exemplo, será criada uma box de produtos unicamente portugueses, uma vez que normalmente as boxes têm uma mistura de origens; e ainda uma box totalmente vegan, atingindo assim um público ainda mais vasto e, neste caso, muito específico no que se refere à alimentação.

Até lá, pode conhecer toda a oferta disponível através do site oficial do Gabbystro ou da página do Instagram do negócio. Qualquer informação adicional ou pedidos de encomenda podem ainda ser feitos através do email info@nullgabbystro.com ou do número de telemóvel 918 532 594. 

As entregas são feitas pela própria responsável por esta marca seixalense, Gabriela d’Almeida. No caso de os pedidos terem como destino o concelho do Seixal, as entregas são gratuitas. Se forem noutras localidades da Margem Sul existe uma taxa de entrega de 3€. Em relação a outras áreas, o preço do transporte será sempre sob consulta.

De seguida, carregue na galeria para conhecer algumas das tábuas e boxes disponíveis no Gabbystro.

ver galeria

MAIS HISTÓRIAS DO SEIXAL

AGENDA